Opc; - Intercambio

Opc;Cursos no Exterior onde Estamos
CATÁLOGO DE PRODUTOS

Por que ?


Fotos

Programa

-

Perguntas Frequentes

  • - Para que gastos devo me preparar quando penso em fazer um curso no exterior?

    Além do valor do curso, da acomodação e das passagens, é claro, que a Intercultural auxilia o estudante a se preparar com todas as informações necessárias para que faça uma viagem tranquila, sem surpresas desagradáveis.
    De acordo com o destino escolhido, os gastos vão desde taxas para a obtenção de visto, seguro saúde, vacinas requisitadas, exames médicos, etc.

  • - Como escolher o destino?

    A escolha do destino deve atender às necessidades do intercambista, seus gostos e suas metas. Você gosta de frio? Você é mais urbano, ou prefere cidades menores? Aprender um novo idioma irá garantir uma melhor colocação no mercado de trabalho? Ou o aprendizado é um sonho que por muito tempo, teve que ser adiado?
    Perguntas como estas podem ajudar a definir o foco da viagem e dar o passo inicial para o planejamento da viagem dos sonhos. Defina seus objetivos e o resto, deixe conosco!

  • - As escolas oferecem cursos de idiomas com datas fixas de início ou posso me matricular para início em qualquer data pretendida? Existe um período mínimo para cursar?

    As escolas costumam ter turmas iniciando todas as segundas-feiras. Os programas tem duração a partir de 2 semanas. É importante destacar que algumas escolas oferecem datas de início pré-fixadas para iniciantes, sendo, por exemplo, iniciadas às primeiras segundas-feiras de cada mês. Verifique na Intercultural mais próxima de você o calendário, de acordo com a escola pretendida.

  • - É preciso ter conhecimento prévio para cursar um programa de idiomas fora do Brasil? Que tipos de curso estão disponíveis?

    Existem programas para todos. É possível iniciar um curso no exterior sem conhecimento nenhum do idioma escolhido. Os iniciantes têm o seu lugar! Além do aprendizado em sala de aula, a imersão na cultura local, as atividades corriqueiras e o convívio com os habitantes garantem um salto considerável na aquisição de um novo idioma. Já aqueles que precisam lapidar o conhecimento já adquirido, estudam de acordo com o nível que possuem, sempre visando o progresso. Existem cursos de idioma geral, específicos para a carreira, combinados com atividades, para alunos maduros, de preparação para exames de proficiência, para professores e muito mais!

  • - As aulas são lecionadas em um período específico? Como é feito o nivelamento?

    As escolas oferecem desde cursos matutinos a cursos vespertinos. Algumas até oferecem cursos noturnos. Algumas escolas definem o turno de estudos já na matrícula do cliente. Porém, a maioria delas opta por definir o turno e o nível do estudante no primeiro dia de aula. Os alunos realizam o teste de proficiência e são colocados nas turmas específicas, de acordo com o resultado. Assim, o turno de estudos não poderá ser definido antes da viagem. Flexibilidade faz parte da vida de um intercambista.

  • - Como funcionam as acomodações? Devo procurar por conta própria ou estão inclusas na compra de um curso?

    O estudante pode optar por diversos tipos de acomodação na hora da matrícula. Os tipos incluem casa de família, apartamento compartilhado ou residencial estudantil. Para a faixa etária que vai dos 16 aos 18 anos, a opção é a casa de família. Já para os maiores de 18 anos, os outros tipos estão também disponíveis. A acomodação é opcional e por isso, cobrada a parte. Caso a preferência seja por residencial estudantil ou apartamentos compartilhados, os alunos deverão checar previamente a disponibilidade de vagas. Cabe lembrar que, quanto antes for feita a matrícula no curso pretendido, mais opções estarão disponíveis.

  • - Onde estão localizadas as acomodações oferecidas?

    Em geral, as acomodações ficam a 60 minutos de transporte público das escolas. O intercambista deve estar preparado para utilizar o transporte público local em seus deslocamentos. Na hora de escolher a moradia, deve-se levar em conta a estrutura da cidade em que será realizado o curso. Cada destino tem suas particularidades e funcionamento próprio. Famílias moram em zonas residenciais, portanto, fora do centro comercial e financeiro. Já os apartamentos e residenciais tendem a ser mais centrais.

  • - A Intercultural me auxilia com o processo de Visto ou preciso fazer por fora?

    A Intercultural tem um setor de vistos que presta consultoria para obtenção de vistos americanos, canadenses, australianos, neozelandeses, e muitos outros. Além de prestar consultoria sobre a necessidade ou não de obtenção de visto para o período de curso e país escolhido.

  • - O que fazer nas horas vagas e nos finais de semana?

    As escolas são excelentes locais para fazer amigos, conhecer novas culturas e aprender o idioma também fora da sala de aula. Existem sempre murais com atividades ao alcance de todos os alunos, promovendo a interação, o conhecimento e o aprendizado. As atividades podem ser gratuitas ou pagas, culturais (como visitas a museus), esportivas (como campeonatos entre alunos), sociais (como cafés e restaurantes). Durantes os finais de semana, quando viagens se tornam possíveis, as escolas oferecem também excursões, passeios e visitas. É só agendar!

  • - Posso trabalhar enquanto estudo?

    Alguns países possibilitam que o aluno de curso de idioma possa trabalhar enquanto estuda. Cada país tem sua regra, que deve ser seguida à risca. São eles: Austrália, Nova Zelândia e Irlanda. É correto dizer que nestes países, apenas alunos de cursos mais longos têm o visto de estudos com permissão de trabalho. Consulte a Intercultural!

Sou Intercultural

Espaço para expressar suas experiências


Siga-nos

O mundo está conhecendo você. Publique suas experiências e a gente compartilha também.

A Interculturalmais perto de você

Promoções e informações sobre intercâmbios e viagens.