Imagem da categoria do post
Data Representação de um calendário 29/01/2015 00h00

Férias Teen Toronto: karaoke e boliche

Férias Teen Toronto: karaoke e boliche

Às 15 horas, nos encontramos no prédio principal da ILSC e rumamos para a estação de metrô Barthurst Station. Caminhamos cerca de duas quadras e já estávamos em Koreatown, uma área com estabelecimentos de imigrantes ou descendentes de coreanos.
Muitos restaurantes, bares e lojas com letreiros que para nós eram indecifráveis. Mas foi bem fácil encontrar o BMB Karaoke & Music Studio na Bloor Street. Aliás, este Karaokê foi indicação da nossa colega da Coréia do Sul, chamada Bubee. O grupo ficou bem surpreso ao chegar no local pois eram várias salas separadas, ou seja, cada grupo que chega fica em uma sala somente para ele, particular na realidade. Bem diferente do Karaokê brasileiro. Recebemos três livros: um com músicas em inglês, outro com músicas em espanhol e português e outro com músicas, obviamente, em coreano.
Ficamos quase três horas cantando, dançando e foi muito divertido. Alguns outros alunos da ILSC nos acompanharam. A galera gostou tanto que pediu para voltarmos outro dia, mas infelizmente nossa agenda está bem cheia até o último dia aqui em Toronto. Fica a dica para quem vier: vá até um Karaoke coreano, é diversão garantida!
Veja as fotos:

Tivemos mais um dia de diversão depois das aulas, saímos para jogar boliche. Pegamos o metrô na St. Patrick Station e, por decisão do grupo, demos toda a volta na linha amarela, sem baldeação e fomos até a última parada, a Finch Station. Andamos uns cinco minutos a pé até o Bowlorama. Estava ensolarado e gostoso de caminhar, sem vento algum.

O Bowlarama é bem típico aqui em Toronto, tem várias unidades nos quatro cantos da cidade. A primeira curiosidade do grupo foi que tínhamos que usar um sapato diferente para não estragar a pista. Sim, aqueles sapatos bicolores engraçadíssimos. Depois, pegamos duas pistas e dividimos o grupo em duas equipes usando o seguinte critério: separar os roomates. Foi bem engraçado. Todos erraram muito nos primeiros lances de bola e até pegar o jeito, depois foi aparecendo uns “strikes” e “spares”. As meninas estavam tendo dificuldades com as bolas de boliche regulares e solicitaram duas bem leves. Ficamos duas horas, então conseguimos jogar duas rodadas cada equipe. Bem, alguns se deram bem outros não fizeram tantos pontos, mas todos nos divertimos muito!