Data Representação de um calendário 22/12/2020

Países abertos para estudantes internacionais: 17/12/20

Alguns países seguem com fronteiras fechadas. Outros, liberados com restrições. Confira quais países estão abertos para estudantes internacionais.

A pandemia do Covid-19 impactou a vida de todos, inclusive os planos dos estudantes internacionais. Conforme nos aproximamos de 2021, podemos reacender as esperanças de um ano com viagens internacionais e restabelecimento da rotina. 

Enquanto alguns países seguem com fronteiras fechadas, outros estão com fronteiras liberadas com restrições. Com tantas atualizações, fica difícil saber afinal onde os estudantes internacionais têm carta branca para entrar. 

Pensando nisso, separamos para você a posição de 19 países para a entrada de estudantes internacionais, atualizado dia 17 de dezembro de 2020. 

Posição dos países para a entrada de estudantes internacionais

Confira a lista dos países por ordem alfabética.

África do Sul.

Fronteira liberada seguindo as seguintes exigências:  

É necessário apresentar um teste de PCR negativo para o Covid-19, efetuado nas 72 horas anteriores à partida. Caso não apresente, será obrigatório uma quarentena de 14 dias.

Alemanha.

Fronteiras liberadas mediante apresentação do teste PCR negativo para o Covid-19 e atendendo às seguintes exigências: 

A partir de 8 de novembro de 2020, os viajantes que permaneceram no Brasil nos últimos 10 dias devem se registrar no site do governo antes de chegar à Alemanha e apresentar o comprovante de inscrição ao entrar no país.

A entrada de estudantes internacionais está liberada desde que o curso não possa ser realizado integralmente online.

Argentina

Os brasileiros podem entrar na região metropolitana de Buenos Aires, mediante apresentação do teste PCR negativo, declaração e seguro médico com cobertura do custo do tratamento para COVID-19, atendendo os protocolos locais.

Austrália.

Fronteiras fechadas.

As fronteiras australianas permanecem fechadas para qualquer viajante que não seja australiano, familiar ou casado com cidadão do país e/ou neozelandês.

O governo voltou a analisar os vistos de estudantes internacionais. Portanto, quando abrirem as fronteiras os alunos poderão viajar.

Áustria

Fronteiras fechadas.

Canadá.

Fronteira liberada com restrições: 

Os Passageiros são obrigados a cumprir quarentena por 14 dias. 

É obrigatório realizar o curso com uma instituição de ensino DLI (Designated Learning Institution). Estas escolas possuem um plano aprovado pelo governo de COVID-19 pela província ou território. 

Além disso, a partir do dia 21 de novembro é obrigatório usar o aplicativo ArriveCAN antes de fazer o check-in no aeroporto para o país monitorar as suas informações de contato, plano de quarentena e autoavaliação de sintomas COVID-19. 

Chile

Fronteiras fechadas.

Emirados Árabes

Necessário ter visto e apresentar o teste de PCR negativo para o Covid-19, efetuado nas 96 horas anteriores à sua partida. 

Espanha.

Fronteiras liberadas com restrições.

Permitido para quem possui visto de estudo e seguro saúde. Necessário preencher um formulário de saúde obrigatório e apresentar a prova de um teste de PCR negativo para o Covid-19, efetuado nas 72 horas anteriores à sua partida.

O consulado da Espanha em São Paulo está reabrindo progressivamente. As solicitações são feitas apenas com agendamento prévio e a retirada de documentos acontece apenas das 12h às 13h. 

Estados Unidos.

work-travel-banner

Fronteira fechada.

França.

Fronteira liberada com restrições. 

Necessário ter visto de estudante (estadia de mais de 90 dias) e apresentar a prova de um teste de PCR negativo para o COVID-19 efetuado nas 72 horas anteriores à sua partida e preencher uma declaração juramentada. 

O consulado da França em São Paulo iniciou a retomada gradual de suas atividades em 3 de agosto, as solicitações são feitas apenas com agendamento prévio

Holanda

Fronteiras liberadas com restrições.

Permitida a entrada de estudantes com o visto de longa duração (para cursos com mais de 90 dias) com uma carta de notificação emitida pelo Serviço de Imigração e Naturalização (IND). A carta deve estar em holandês e conter, a partir de 3 de julho de 2020, um bloco de texto em inglês.

Necessário preencher um formulário de saúde obrigatório e realizar uma quarentena de 10 dias.

Irlanda

Fronteiras liberadas com restrições.

É necessário realizar uma quarentena obrigatória de 14 dias que pode acabar antes se o intercambista apresentar um teste de PCR negativo com data inferior a cinco dias após sua chegada à Irlanda. 

Além disso, os passageiros devem preencher um formulário obrigatório. 

Itália

Fronteiras fechadas

Malta.

Fronteira liberada com restrições. 

Permitido a entrada desde que passem pelo menos os 14 dias anteriores em um dos países do corredor seguro antes de chegar a Malta. Pode ser necessário apresentar um teste de PCR negativo para o COVID-19, efetuado nas 72 horas anteriores à sua partida.

Nova Zelândia.

Fronteira fechada 

Portugal

Fronteiras liberadas com restrições.

É necessário apresentar o teste de PCR negativo para o COVID-19, efetuado nas 72 horas anteriores à partida.

O consulado de Portugal em São Paulo está analisando as solicitações de visto de estudante  com agendamento prévio. 

Reino Unido.

Fronteira liberada com restrições. 

Os estudantes devem cumprir quarentena obrigatória de 10 dias. É possível realizar um teste de Covid-19 para liberação da quarentena antecipada. 

Além disso, passageiros devem preencher um formulário obrigatório previamente ao embarque. 

Suiça

Fronteiras fechadas.

Intercâmbio é com a Intercultural.

Até o restabelecimento das fronteiras continue contando com a Intercultural. Afinal, este é o momento certo para planejar o seu intercâmbio. 

Nosso time continua trabalhando normalmente para melhor lhe atender.

Entre em contato hoje mesmo!

estudar-canada-banner