Data Representação de um calendário 28/04/2021

Países abertos para intercambistas brasileiros (27/08/21)

14 importantes países estão abertos para intercâmbio estudantil. Confira os países abertos para estudantes internacionais, atualizado em 27/08/21.

A pandemia do Covid-19 impactou a vida de todos, inclusive os planos dos estudantes internacionais. No entanto, temos boas notícias! No post a seguir vamos mostrar a lista dos países abertos para intercambistas brasileiros e as medidas sanitárias que devem ser tomadas. 

Enquanto alguns países seguem com fronteiras fechadas, outros países estão abertos para intercambistas brasileiros. Com a evolução dos processos de vacinação, medidas sanitárias e tantas atualizações, fica difícil saber, afinal, onde os estudantes internacionais têm carta branca para entrar. 

Pensando nisso, confira abaixo a posição de 14 países abertos para intercâmbio de estudos, atualizado dia 27 de agosto de 2021 e suas medidas restritivas.

Posição dos países abertos para intercambistas brasileiros

África do Sul

Necessário apresentar a prova de um teste de PCR negativo para o COVID-19, efetuado nas 72 horas anteriores à sua partida. Caso não apresente, será obrigatório uma quarentena de 14 dias. Obrigatório baixar o aplicativo COVID Alert South Africa e preencher o questionário de saúde de viagem antes da partida.

Alemanha

Desde 22 de agosto está permitida a entrada e emissão de vistos de pessoas vindas do Brasil com vacinação completa com Pfizer, Jansen, Moderna e AstraZeneca, sendo necessário a apresentação de comprovante de vacinação há pelo menos 14 dias da data da viagem.

Canadá

Quarentena obrigatória de 14 dias na acomodação assim que apresentar o teste PCR negativo na chegada. Para entrar no país, o estudante deve apresentar o study permit e a documentação que comprove que a viagem é essencial. 

Além disso, é obrigatório apresentar um teste de PCR negativo efetuado nas 72 horas anteriores à sua partida.

É obrigatório realizar o curso com uma DLI (Designated Learning Institution) com um plano aprovado de COVID-19 pela província ou território. Obrigatório usar o ArriveCAN  antes de fazer o check-in no aeroporto para enviar suas informações de contato, plano de quarentena e autoavaliação de sintomas COVID-19. 

A partir de 5 de julho, os estudantes vacinados com Moderna, Pfizer, AstraZeneca ou Johnson & Johnson – necessitam ter tomado a segunda dose no mínimo 14 dias antes do embarque – não precisarão mais ficar em um hotel designado pelo governo.

Alteração: a partir de 7 de setembro é obrigatória a realização de quarentena de 14 dias na acomodação assim que apresentar teste PCR negativo na chegada. Também é necessário apresentar o Study Permit e documentação que comprove que a viagem é essencial.

Em 03 de setembro estima-se que se iniciem os voos da Air Canada, respeitando as condições sanitárias da companhia aérea.

Está prevista, a partir de 7 de setembro, a liberação da entrada no país, desde que se mantenham as condições sanitárias, para vacinados com Moderna, Pfizer, AstraZeneca ou Johnson & Johnson, mas é necessário aguardar novo anúncio, para ver as condições exatas.

Confira o site do governo canadense para mais informações.

Emirados Árabes

Necessário ter atestado negativo de teste de PCR, que deve ter sido realizado até no máximo 96 horas antes do horário de partida. Passageiros que chegarem em Dubai a partir do Brasil deverão fazer outro teste de PCR na chegada no aeroporto internacional de Dubai.

Estados Unidos

Brasileiros que tiverem visto de estudante válido (categorias F e M) e iniciarão os estudos nos EUA a partir ou depois de 1º de agosto de 2021, poderão viajar ao país sem consultar a Embaixada ou os Consulados no Brasil. Entretanto, estão proibidos de chegar ao país mais de 30 dias antes do início das aulas. 

Aqueles que necessitam de um visto de estudante devem consultar o site da Embaixada ou dos Consulados mais próximos. As entrevistas de visto para as categorias dessa exceção devem ser retomadas em meados de maio de 2021 se as condições permitirem.

Escócia

Permitida a entrada com visto de estudante. É necessário preencher um formulário, realizar um teste de COVID-19 e ter o pacote de quarentena obrigatório que inclui 2 testes de COVID-19 e quarentena de 10 dias em um hotel aprovado pelo governo.

Espanha

A partir de 24 de agosto, a Espanha liberou a entrada de pessoas procedentes do Brasil com protocolo de vacinação completo, sendo que a Coronavac está incluída nas vacinas aceitas

Site do governo espanhol para consulta de mais informações. 

work-travel-banner

França

Permitida a entrada de brasileiros completamente vacinados, com vacinas aprovadas pela Agência Europeia de Medicamentos (EMA) e apresentação de comprovação da vacinação da Pfizer, Janssen ou AstraZeneca.

Os viajantes não vacinados deverão apresentar às autoridades de fiscalização um documento que comprove o motivo imperioso de sua viagem, bem como um teste PCR, ou de antígeno, com resultado negativo, e realizado menos de 48 horas antes do embarque. 

Além disso, os viajantes não vacinados deverão fazer obrigatoriamente uma quarentena de acordo com as especificações decretadas pelo governo regional logo após seu ingresso no território continental francês. 

Essa medida durará 10 dias e será acompanhada de restrições horárias para a saída do local de isolamento (exceto em caso de trânsito em zona internacional).

Holanda

Obrigatório apresentar teste PCR negativo, que deve ter sido realizado até no máximo 72 horas antes do embarque e preencher declaração de saúde. Obrigatório realizar quarentena de 10 dias no país, podendo realizar um teste no 5º dia para liberação adiantada da quarentena caso dê negativo.

Inglaterra

Permitido a entrada desde que passem pelo menos os 10 dias anteriores em um dos países do corredor seguro antes de chegar ao Reino Unido.

Necessário apresentar a prova de um teste de PCR negativo para o COVID-19, efetuado nas 72 horas anteriores à sua partida, preencher um formulário de localização de passageiro e ter o pacote de quarentena obrigatório, que inclui 2 testes de COVID-19 e quarentena de 10 dias em um hotel aprovado por eles.

Irlanda

Permitida a entrada de brasileiros para estudo de Higher Education, sendo necessário apresentar a prova de um teste de PCR negativo para o COVID-19, e realizar quarentena obrigatória em hotel por 14 dias, uma vez que Brasil é considerado país de alto risco.

Confira o site do governo irlandês para mais informações.

Itália

Permitida a entrada, desde que passem pelo menos os 14 dias anteriores em um dos países do corredor seguro.

Necessário apresentar a prova de um teste de PCR negativo realizado nas 72 horas anteriores à entrada na Itália, preencher formulário dpLF obrigatório antes do embarque, autodeclaração em papel para apresentar a imigração, teste de PCR negativo na chegada no aeroporto, independentemente do resultado do exame.

Obrigatório realizar quarentena pelo período de 10 dias e realizar um novo teste PCR ao final do 10º dia.

Confira o site do consulado italiano em São Paulo para mais informações.

Portugal

É necessário ter visto de estudante de longa duração, apresentar a prova de um teste de PCR negativo para o COVID-19, efetuado nas 72 horas anteriores à sua partida. Além disso, é obrigatório apresentar o formulário preenchido.

O consulado de Portugal em São Paulo está atendendo mediante agendamento prévio.

Suíça

A partir de 26 de junho, brasileiros totalmente vacinados, 1ª e 2ª doses (ou dose única), atualmente com BioNTech, Moderna, Pfizer, Janssen, AstraZeneca, Sinovac, Sinopharm e Serum Institute of India, poderão entrar na Suíça isentos de quarentena e/ou teste PCR.

As vacinas terão validade de 12 meses.

Intercâmbio é com a Intercultural

Até o restabelecimento das fronteiras, continue contando com a Intercultural. Afinal, este é o momento certo para planejar o seu intercâmbio. 

Mantenha-se atualizado em nosso blog e em nossas redes sociais. Estamos monitorando os países abertos para intercambistas brasileiros de perto.
Saiba como se tornar um estudante internacional. Entre em contato hoje mesmo!

estudar-canada-banner