Data Representação de um calendário 25/05/2016

Intercâmbio na Ilha de Malta: veja curiosidades, dicas e mais!

Intercâmbio na Ilha de Malta: veja curiosidades, dicas e mais!

Para muitos estudantes, o objetivo de um intercâmbio não é apenas aprender outro idioma, e sim imergir em uma cultura nova, que lhes proporcione fazer parte da vida local, apreciar as belezas naturais e a riqueza histórica.
Se você faz parte desse grupo, um dos melhores destinos para o seu intercâmbio é a Ilha de Malta. O pequeno país localizado no Mar Mediterrâneo, ao sul da Sicília e ao norte do continente africano, é formado por apenas 3 ilhas habitadas: Malta, Gozo e Comino.
Confira as particularidades desse lugar encantador e o que tem atraído tantas pessoas interessadas em realizar um intercâmbio para lá!

Ideal para aprender inglês e, de quebra, um pouco de italiano

Mesmo ainda pouco conhecido pelos brasileiros, o arquipélago reúne milhares de estudantes do mundo inteiro. Como consequência da dominação britânica, a Ilha de Malta, além do maltês, tem o inglês como uma das línguas oficiais. Por isso, é um destino perfeito para quem deseja aprender o idioma.
Se você quer treinar também o seu italiano, pode contar com a ajuda dos 2/3 da população que falam a língua fluentemente.

work-travel-banner

Clima agradável o ano inteiro

Um dos principais atrativos da ilha são as suas temperaturas agradáveis. Diferentemente de outros destinos de intercâmbio, como a Irlanda e os Estados Unidos, que trazem um inverno rigoroso, Malta tem temperaturas entre 15º e 20º C, durante os meses de dezembro a fevereiro, e um verão quente, com temperaturas entre 23º C e 31º C, no resto do ano. Isso permite aos visitantes desfrutarem da beleza local e das praias paradisíacas do Mediterrâneo.

Paisagens exuberantes, baixo custo de vida e muita diversão

Quando se fala em custo de vida e valores das escolas de idiomas, os preços de Malta costumam ser mais baixos do que outros países da Europa. Com cerca de 800 euros mensais é possível cobrir aluguel, transporte e alimentação, a depender da localização escolhida.
A capital Valleta é um dos locais favoritos pelos intercambistas, por ser o coração do comércio maltês e uma das menores capitais da Europa, o que facilita a locomoção.
A Ilha de Malta conta ainda com diversas cidades que reúnem paisagens exuberantes, uma vida noturna agitada (principalmente em St. Julian’s, no distrito de Paceville) e dezenas de restaurantes que trazem o melhor da culinária local, com destaque para os frutos do mar, massas e vinhos.

Uma ilha de muitos povos

A Ilha de Malta apresenta ainda uma enorme variedade arquitetônica formada por vielas estreitas, palácios barrocos e catedrais no estilo normando, ideal para quem deseja imergir na cultura local durante o intercâmbio.
Sua riqueza histórica é o maior orgulho do país, fruto das colonizações, desde o ano de 5200 a.C., por diversas civilizações, como os fenícios, que a batizaram de “refúgio seguro”; italianos; gregos; romanos; árabes muçulmanos; espanhóis; franceses e ingleses.
Se a personalidade do povo local é um aspecto diferencial para a escolha do seu intercâmbio, provavelmente você se sentirá em casa em Malta. Assim como os brasileiros, sua população de cerca de 410 mil habitantes é extremamente receptiva e amigável.
E você, já conhecia a Ilha de Malta? Já pensou em adicionar esse destino fabuloso como opção para o seu próximo intercâmbio? Comente com a gente nos comentários!

estudar-canada-banner