Work Experience | Como funciona?
Data Representação de um calendário 23/08/2016

Work Experience

Se você tem muita vontade de fazer um intercâmbio, mas acha que deveria ter feito no tempo do colegial porque a rotina corrida e os compromissos da universidade não combinam mais com esse tipo de viagem, está na hora de rever seus conceitos. Existem intercâmbios personalizados para cada etapa da vida, e quando se está […]

Se você tem muita vontade de fazer um intercâmbio, mas acha que deveria ter feito no tempo do colegial porque a rotina corrida e os compromissos da universidade não combinam mais com esse tipo de viagem, está na hora de rever seus conceitos.

Existem intercâmbios personalizados para cada etapa da vida, e quando se está cursando uma faculdade, isso não é diferente. Se você quer viajar, entrar em contato com uma cultura nova e conhecer ou praticar outro idioma sem precisar trancar a sua universidade, conheça os programas de Work Experience.

Como é o Work Experience?

Nos Estados Unidos, quem escolher essa modalidade de intercâmbio terá um trabalho temporário no país. Além de ter a oportunidade de trabalhar em uma empresa americana, o intercambista ainda pratica o inglês diariamente e tem a oportunidade de conhecer outros lugares durante os dias de folga.

theyarrow5

O Work Experience USA é desenvolvido para universitários entre 18 e 29 anos. Com duração aproximada de 3 meses, ele é o ideal para os jovens que não querem perder cadeiras ou ter que trancar o curso para poder viajar, já que acontece durante as férias, de acordo com o calendário universitário do Brasil.

shutterstock_143189110

Existe a opção do programa na França, com algumas diferenças, como a idade do jovem, que deve ter entre 18 e 26 anos, nível intermediário do francês e a necessidade de comprovar experiência prévia de trabalho. Para conhecer o Work França, fale com os nossos consultores.

Como o emprego do Work Experience USA é escolhido?

As agências de viagem especializadas em intercâmbio oferecem algumas alternativas para que o intercambista já saia do Brasil com o emprego garantido.

media_sv_openingDay_GoldCoast

Na Intercultural, elas são três:

Placement – quem escolhe por esse plano deixa a responsabilidade pela escolha do emprego com a própria agência, que possui uma lista de empregadores pré-determinada. O intercambista pode escolher aqueles que mais lhe agradam, e antes da viagem é informado onde vai trabalhar.
Job Fair – são feiras de contratação que podem acontecer no Brasil, ou então virtualmente, e que reúne os empregadores norte-americanos em busca de intercambistas. A seleção é feita pelas entrevistas e as empresas acabam fechando as vagas no mesmo dia. A grande vantagem dessa alternativa é que o intercambista tem a chance de conhecer o seu futuro empregador e tirar todas as dúvidas a respeito da rotina de trabalho, da cidade etc.
Independent – nesse formato, o intercambista tem livre escolha para procurar os empregadores que desejar nos Estados Unidos, mas é preciso ficar atento, pois o contrato deve ser firmado antes da data da viagem.

Por que é importante escolher uma agência de intercâmbio?

Assim como qualquer outra modalidade de intercâmbio, é preciso lembrar que viajar para fora do país exige um preparo, e muitas vezes um suporte para qualquer situação. Por isso é tão importante contar com uma agência por trás do programa, como a Intercultural.

DSC08696

Dentre as vantagens do programa Work Experience USA, destacam-se:

Salários entre US$ 6 a 12 por hora;
Seguro de saúde e acidentes durante o contrato de trabalho;
Autorização para trabalhar nos Estados Unidos;
Certificação de trabalho no exterior;
Apoio para os procedimentos do visto.

Viu como é possível realizar o tão sonhado intercâmbio sem atrapalhar o seu desempenho na universidade? Ficou com alguma dúvida? Fale com um de nossos consultores.