High School: Miguel conta como foi o Ensino Médio no Exterior - Intercultural
Data Representação de um calendário 19/07/2019

High School: Miguel conta como foi o Ensino Médio no Exterior

Miguel fez parte do seu Ensino Médio no exterior e contou como foi a sua experiência.

A escolha de fazer o programa de High School foi provavelmente a que me trouxe mais conhecimento, experiência e que mais me fez evoluir mentalmente até agora. Encarar a distância da família e dos amigos, das festas e das diversões eram medos que eu tinha antes de ir, e que depois de duas semanas vivendo isso, esses “medos” ja nem se passavam mais pela minha cabeça.

ensino-médio-no-exterior

As maiores conquistas que tive foi com certeza as amizades que fiz e o relacionamento com minha família hospedeira, que me fez encarar todos os desafios sem medo e com a forca de vontade de aprender mais, que para mim foram os pontos mais importantes nesses últimos 10 meses.

As amizades aqui no Brasil nunca foram um problema para mim e estava tranquilo quanto a isso quando fui para o programa, mas depois de 1 mês, tendo vários amigos na escola (principalmente por causa do esporte) e sem sair de casa um final de semana com eles me fez pensar no que eu estava fazendo algo de errado. Percebi que não estava fazendo nada errado, mas sim tinha que ter mais paciência e esperar as coisas acontecerem naturalmente.

ensino-médio-estados-unidos

O esporte foi o ponto mais importante para criar grandes amigos e viver as melhores experiências, a principal foi de longe jogar futebol americano e futebol por outra escola, porque na minha não tinha o “soccer”, isso me ajudou a criar mais grandes amizades fora da comunidade que eu vivia sempre, e passei a frequentar ambientes com amigos de duas escolas.

As principais dificuldades são as que mais me ensinaram, ser esperto para fazer as escolhas certas com amizades e não se importar com o que poderia estar perdendo, me fez criar um relacionamento ainda melhor com minha família e me fez perceber quem eram os amigos certos, que são os que mantenho contato até hoje.

high-school

No final de tudo, percebi que todos os momentos que fiz coisas que eu não queria fazer por ser algo que nunca tinha feito e pensava que nunca me interessaria na hora, foi provavelmente o que mais fez eu perceber que sair da zona de conforto sempre traz algo positivo. A vontade de viver novas experiências foi o principal ponto de todo programa.

intercâmbio-high-school

Saiba mais sobre o High School e saiba como fazer o Ensino Médio no exterior.