Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Camila foi voluntária no hospital da África do Sul

Camila foi voluntária no hospital da África do Sul

Você sabia que em alguns países é possível aliar o curso de idiomas ao trabalho voluntário? Além de aperfeiçoar o idioma e ter uma imersão na cultura do país, você faz a diferença na vida de quem precisa.

Após algumas experiências em intercâmbio, a Camila tomou a decisão de embarcar para um novo desafio e o programa voluntariado na África do Sul foi o escolhido.

“Após algumas viagens para o exterior com o intuito de estudar inglês e conhecer novos lugares, percebi que estava na hora de fazer algo diferente, buscar uma nova experiência que me fizesse crescer como pessoa.

Diante disso e por minha irmã ter feito um trabalho voluntário na Polônia meses antes, decidi embarcar em uma viagem para fazer voluntariado.

O destino ainda era incerto, mas a possibilidade de trabalhar em um hospital de crianças na Cidade do Cabo – África do Sul pareceu perfeita para mim.

voluntário-áfrica-do-sul

Embarquei no dia 4 de janeiro, no entanto realizei o trabalho voluntário do dia 9 à 27 de janeiro no Red Cross War Memorial Children’s Hospital.

É um hospital público, fundado em 1956 e que atualmente é destinado para o cuidado de crianças provenientes de várias partes da África.

E desde 1978 a organização The Friends of the Children’s Hospital Association vem realizando esse trabalho de voluntariado a fim de oferecer um suporte mais emocional para os pacientes.

voluntário-áfrica-do-sul

Então eu, como voluntária, tinha a missão de divertir, alegrar e brincar com as crianças que estavam internadas, usando para isso vários brinquedos da própria instituição, como jogos da memória, quebra-cabeças, carrinhos, desenhos para colorir, livros…

Todos os dias éramos direcionados para alas diferentes do hospital, então isso me deu a oportunidade de ajudar várias crianças, cada qual com sua peculiaridade.

voluntário-áfrica-do-sul

Essa experiência foi muito enriquecedora para mim, pois como estudante de Medicina pude perceber ainda mais o quão importante é a questão emocional do paciente durante a sua recuperação, bem como a necessidade de uma maior humanização por parte dos profissionais da saúde.

Era inevitável se envolver e se emocionar com as histórias das crianças, mas ao perceber que somente o fato de estar brincando com elas as alegravam, buscava sempre fazer o melhor por elas.

Eu acredito que esta experiência é maravilhosa para qualquer pessoa, independente da área que você trabalhe/estude ou do lugar que você irá realizar o trabalho voluntário.

voluntário-áfrica-do-sul

Nesse meio tempo, pude aproveitar para aprimorar meu inglês e para conhecer os lugares encantadores que a Cidade do Cabo e as cidades próximas proporcionam.

Visitei maravilhosas praias, como Clifton Beach, Camps Bay, Boulders Beach e Muizenberg.

voluntário-áfrica-do-sul

Lugares históricos, como a Robben Island e o Cape of Good Hope; famosas vinícolas; museus; montanhas com vistas de tirar o fôlego, como a Table Mountain, Signal Hill e Lion’s Head; além de fazer um safari e estar em contato com os elefantes.

Esses são apenas alguns dos lugares que marcaram a minha viagem, mas poderia citar vários outros que não devem ser esquecidos durante um passeio pela região.

voluntário-áfrica-do-sul

E diferentemente de outras viagens, desta vez fiquei morando em uma Student House, onde compartilhava a casa com mais 10 meninas, sendo uma da Suíça, uma da Alemanha e as outras do Brasil.

Foi uma experiência diferente e inesquecível para mim, pois nos tornamos muito unidas e devido a isso, passamos a dividir várias experiências e momentos marcantes.

Com certeza elas fizeram muita diferença durante a minha viagem e a tornaram muito mais especial!

voluntário-áfrica-do-sul

E tudo isso só foi possível graças ao auxílio e organização da Intercultural de Jaraguá do Sul, através da Cristiane, em conjunto com a Good Hope Volunteers, através da Vanessa e da Naomi.

Todas foram muito atenciosas e prestativas ao me ajudar, a Cris com os preparativos e orientações da viagem, a Vanessa e a Naomi com as minhas dúvidas e dificuldades na Cidade do Cabo.

Posso afirmar que vivenciei uma experiência inesquecível e desafiadora e recomendo-a para que assim como eu, buscam crescimento pessoal e conviver com diferentes realidades.”

Gostou? Você também pode fazer um intercâmbio voluntário! Entre em contato com a nossa equipe e saiba mais!

RELACIONADOS
Já Fui! Já Fiz!
Já Fui! Já Fiz!
eu-fui-ilsc-maria-clara
Curso de francês no Canadá: Maria Clara conta como foi
O intercâmbio é uma experiência inesquecível! Confira o depoimento da Maria Clara, que estudou francês em Montreal, no Canadá!
curso-vet-australia
Curso VET na Austrália: Maurício conta sua experiência
Já imaginou atravessar o oceano para fazer um intercâmbio e ainda obter uma certificação internacional? Maurício conta como foi fazer um VET na Austrália!
curso-ingles-escocia
Curso de inglês em Edimburgo: Thiago conta como foi
Thiago Souza viveu um intercâmbio incrível! Ele fez um curso de idiomas em Edimburgo, na Escócia e conta para a gente como foi morar na Escócia. Confira!
florenca
Florença: dicas para seu intercâmbio na cidade italiana
Fazer um intercâmbio em Florença é uma experiência repleta de arte, cultura e história! Leia o artigo e confira nossas dicas para sua viagem!
Já Fui! Já Fiz!
Já Fui! Já Fiz!
Carregando

Faça seu orçamento

Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade.