Data Representação de um calendário 06/01/2022

Trabalhar em Dublin: conheça as regras e oportunidades

Trabalhar em Dublin é a oportunidade que muitos brasileiros buscam. Leia o artigo e confira as regras para conseguir um emprego na Irlanda!

Fazer um intercâmbio na Irlanda é o sonho de muita gente. Imagine poder viajar, estudar e trabalhar em Dublin – tudo ao mesmo tempo? A boa notícia é que isso é possível!

Trabalhar em Dublin é, certamente, uma experiência e tanto! Isso porque você vai estar realmente inserido na cultura local, vai aperfeiçoar seus conhecimentos em inglês e ainda pode guardar uma graninha para quando voltar para o Brasil.

Isso sem falar que trabalhar em Dublin é uma grande chance para você construir uma carreira no exterior! Quer saber como?

Neste artigo, vamos explicar quais são as regras para os vistos de trabalho e quais são as principais oportunidades de emprego na Irlanda. Então, continue a leitura e confira!

Quais são os principais vistos para trabalhar na Irlanda?

Primeiramente, é preciso deixar claro que não é possível trabalhar na Irlanda com visto de turista. Este visto permite apenas que você viaje pelo país por 90 dias e faça cursos de inglês de curta duração.

Ou seja, para aplicar para as vagas de empregos em Dublin, você deve emitir um visto com permissão de trabalho: Stamp 1, Stamp 1G ou o famoso Stamp 2.

Vamos explicar brevemente cada um deles a seguir!

Stamp 1

É o visto de trabalho propriamente dito. Para conseguir essa autorização, você só pode desembarcar na Irlanda caso já tenha uma proposta de emprego de uma empresa estabelecida no país. Do contrário, nada feito!

Stamp 1G

Esse visto é concedido pelo governo irlandês para estudantes recém-graduados em cursos acreditados.

O objetivo é incentivar os novos profissionais a permanecerem no país e fornecer mão-de-obra qualificada para o mercado de trabalho. Com o Stamp 1G, você pode trabalhar até 40h/semana.

work-travel-banner

Stamp 2

Esse é o visto perfeito para quem quer estudar e trabalhar em Dublin.
Para se enquadrar no Stamp 2, você deve estar matriculado em um curso de idiomas com duração mínima de 25 semanas, em uma instituição ou universidade reconhecida pelo governo.

Durante o período de aulas, você pode trabalhar até 20h semanais. Nas férias, a carga horária pode ser extendida para até 40h semanais.

Quais são as melhores áreas para trabalhar em Dublin?

Como em qualquer outro país, encontrar uma oportunidade de emprego na Irlanda depende de muitos fatores. O nível de inglês e de persistência na hora de distribuir os currículos são os mais importantes.

Algumas áreas que mais se destacam em empregabilidade no país são:

  • Tecnologia da Informação;
  • Marketing Digital;
  • Contabilidade;
  • Farmácia.

Essas áreas costumam exigir um nível de escolaridade – e de inglês – mais alto, além de possuírem cargas horárias mais extensas (40h/semana).

Por outro lado, se você está buscando um emprego mais informal, com carga horária reduzida de até 20h/semana, Dublin e outras cidades da Irlanda também têm excelentes oportunidades.

Algumas das áreas mais procuradas por intercambistas são:

  • Auxiliar de cozinha;
  • Auxiliar de limpeza;
  • Barista/bartender;
  • Garçom;
  • Babá;
  • Recepcionista;
  • Entregador.

Uma informação importante: diferentemente do Brasil, o piso salarial na Irlanda é definido por semana, e não por mês.

Assim, o valor salarial médio no país é de €13,36 por hora ou €41 mil por ano.

Encontre a melhor oportunidade de trabalhar em Dublin com a Intercultural

Depois de conhecer as regras e as melhores oportunidades de trabalhar em Dublin, com certeza seus planos de viajar para o país estão se tornando cada vez mais reais!

Então, dê mais um passo nessa direção e entre em contato com a nossa equipe de especialistas! Vamos adorar te ajudar a ter uma incrível experiência de intercâmbio!

estudar-canada-banner