Data Representação de um calendário 06/04/2020

Como Planejar um Intercâmbio em 7 Etapas Simples!

Descubra as principais etapas do planejamento e saiba como planejar um intercâmbio ideal para você. Veja as modalidades e os destinos disponíveis.

Viajar para outro país, morar fora do Brasil e aprender outro idioma é o sonho de muita gente! A boa notícia é que é possível realizar este desejo! E é mais fácil do que você pensa! Vem com a gente e aprenda a planejar um intercâmbio!

Antes de mais nada, para planejar um intercâmbio, você vai precisar seguir à risca todas as etapas do planejamento, que envolve a definição do tipo de intercâmbio, do país de destino, da duração do curso, dentre outros itens importantes para o planejamento de viagem. 

Assim, planejar um intercâmbio é uma tarefa muito importante. Uma vez que, dependendo do curso, você pode estar sujeito a disponibilidade de vagas e mais: ao prazo de inscrição.

Então, faça o seguinte: não deixe de solicitar um atendimento personalizado da Intercultural o quanto antes. O consultor é a melhor pessoa para te ajudar na organização.

Então, para não perder mais tempo, você pode começar a planejar um intercâmbio agora mesmo com nossas 7 etapas. 

Vamos lá?

Como planejar um intercâmbio: as 7 etapas do planejamento

Confira como planejar o intercâmbio em 7 passos simples:

  1. Definição do objetivo
  2. Provisão do orçamento e duração da viagem
  3. Escolha do tipo de intercâmbio
  4. Escolha do destino
  5. Compra do intercâmbio e demais serviços
  6. Solicitação do visto
  7. Arrumação das malas e o embarque

Vamos entender cada uma delas?

1. Definição do objetivo

Inicialmente, quando você começa a pensar em fazer um intercâmbio, precisa saber exatamente qual é o seu objetivo. Ou seja, você pode querer aprender um novo idioma, fazer um High School ou adquirir habilidades profissionais em um programa de Internship.

Da mesma forma, pode desejar fazer um curso preparatório para um exame, como o TOEFL ou IELTS, necessários para ingressar em uma universidade no exterior.

Você também pode optar por fazer um intercâmbio durante as férias, para aprender a língua se divertindo, ou participar de atividades voluntárias no exterior, nas áreas social, ambiental, animal ou de saúde, por exemplo. 

E, ainda, trabalhar como babá (Au Pair) nos Estados Unidos, na Alemanha, na Bélgica, dentre outros destinos. Enfim, as possibilidades são muitas! Logo, a partir desta escolha, você estará apto a seguir em frente com o planejamento de viagem.

Uma lembrança importante para todos estudantes que querem viajar para o exterior é que o passaporte é fundamental para viajar para fora do Brasil.

Assim, antes de dar prosseguimento ao planejamento de viagem, você deve se certificar que tem um passaporte válido. Caso contrário, precisa providenciar o documento o mais rapidamente possível!

2. Provisão do orçamento e duração da viagem

A partir da decisão de fazer um intercâmbio e a identificação do seu objetivo com a viagem, para planejar um intercâmbio, é necessário verificar o orçamento que você terá disponível para o programa de intercâmbio. 

Isto vai delimitar as suas decisões nas próximas etapas do planejamento da viagem.

A dica para economizar e ajudar a juntar a grana do intercâmbio é a seguinte: observe o seu orçamento atual e faça uma lista das suas despesas cotidianas. Avalie quais você pode eliminar ou diminuir bastante, por exemplo, deixar passar algumas baladas e comprinhas…

Lembre-se que a quantia que você está economizando agora será muito importante para a sua viagem no exterior, durante o melhor intercâmbio da sua vida!

Neste momento, você também precisa saber quanto tempo tem disponível para realizar o seu sonho de estudar fora: 1 mês, 3 meses, 6 meses, 1 ano ou mais. 

Você também pode escolher a melhor época do ano para fazer o seu intercâmbio. Compare as opções de acordo com as suas preferências pessoais e as oportunidades potenciais disponíveis para emprego, viagens etc.

Organize o seu tempo e agende no seu calendário de viagem as datas de partida e de retorno. Ao planejar o intercâmbio, escolha o país e a melhor estação do ano para você. 

Por exemplo, você prefere ir para a Austrália (calor, praia e sol) no verão ou para o Reino Unido (clima úmido, neve e frio) no inverno? 

3. Escolha do tipo de intercâmbio

Agora você está apto a escolher o tipo de intercâmbio que tem mais a ver com o seu objetivo e com o seu perfil de aluno e viajante. Para isso, você deve observar os requisitos de cada modalidade. 

Algumas opções de intercâmbio, como, por exemplo, os programas para estudar e trabalhar ou só trabalhar, Au Pair e Work Experience USA, estão disponíveis somente em alguns destinos, de acordo com as regras dos países. 

Confira os pré-requisitos de cada modalidade de intercâmbio com nosso consultor agora mesmo.

Então, na verdade, a decisão sobre a modalidade do intercâmbio deve ser tomada em paralelo com a próxima etapa de como planejar o intercâmbio.  Veja as opções disponíveis em destinos selecionados:

  • Curso de idiomas
  • Curso técnicos/profissionalizantes 
  • Intercâmbio de estudo e trabalho
  • Intercâmbio em grupo/família
  • Colônia de férias 
  • High School
  • Graduação e pós-graduação no exterior
  • Au Pair (trabalhar como babá no exterior)
  • Work Experience USA (trabalhar em uma empresa americana)
  • Camp Counselors USA (trabalhar em acampamentos de férias nos Estados Unidos)
  • Internship and Trainee

4. Escolha do destino

O destino para onde você vai viajar deve estar de acordo com o tipo de intercâmbio escolhido, com as características do local e, principalmente, com as suas preferências pessoais. 

Pesquise as características do lugar e descubra as atrações naturais, históricas, culturais e as atividades disponíveis. 

Separe aquilo que mais te interessa e que você quer conhecer durante o programa, como monumentos, museus, galerias, restaurantes, bares, praias, parques, dentre outras opções de pontos turísticos e atividades.

Países como Inglaterra, Estados Unidos, Austrália e Canadá estão entre os destinos mais procurados pelos brasileiros. Mas, se você escolheu a modalidade de intercâmbio para estudar e trabalhar, poderá optar pelos seguintes países:

  • Alemanha
  • Austrália
  • Canadá
  • Emirados Árabes Unidos (Dubai)
  • Espanha
  • Irlanda
  • Malta
  • Nova Zelândia 

Agora é uma boa hora para exercitar o autoconhecimento e colocar no papel os seus gostos e preferências: clima frio ou quente, praia ou montanha, cidade grande ou pequena, ambiente agitado ou tranquilo, serviços mais simples ou luxuosos, enfim, faça a sua escolha!   

Outro fator relevante, que vai impactar na escolha do destino do intercâmbio, é o valor para viver no local escolhido. 

Nesse sentido, é preciso analisar o custo de vida da cidade e câmbio para a conversão da moeda. É comum que, num mesmo país, exista diferença de valores entre cidades grandes e pequenas, por exemplo.

Entretanto, o mais importante mesmo é não esquecer de seguir com a sua previsão de orçamento para a viagem, que você definiu lá atrás!

5. Compra do intercâmbio e demais serviços

Talvez esta seja uma das etapas mais gostosas! É justamente quando tudo começa a se encaixar, o seu sonho toma forma e começa a se concretizar!

Agora, após todo o tempo de planejamento de viagem, você vai confirmar os serviços que deseja e deixar a viagem com a sua cara. Os principais itens são:

  • A escolha da instituição de ensino ou empregador
  • A taxa de matrícula e taxa administrativa (quando aplicável) 
  • O pagamento do programa
  • A escolha da acomodação (casa de família ou residência estudantil)
  • Seguros obrigatórios e opcionais (de viagem, de saúde, dentre outros)

Mas não se preocupe que nosso consultor vai te apresentar as melhores opções, com condições especiais para que você tenha uma experiência realmente maravilhosa!

6. Solicitação do visto

Com o planejamento de viagem praticamente completo, agora é o momento para verificar os requisitos legais para ingressar no país estrangeiro. 

Confira alguns documentos comumente solicitados:

  • Passaporte válido;
  • Comprovante de pagamento da taxa de matrícula do curso (ou carta do empregador no caso do intercâmbio de trabalho);
  • Comprovante de pagamento da taxa do visto;
  • Comprovantes financeiros (para atestar a capacidade de se sustentar no país);
  • Atestados médicos;
  • Cartas de intenção;
  • Outros documentos eventualmente solicitados.

Atualmente, o Brasil mantém um acordo internacional com cerca de 150 países, que não exigem visto para brasileiros.  Porém, alguns destinos mundiais mais concorridos ainda exigem o visto para o estudante brasileiro entrar, como Austrália, Estados Unidos e Japão.

Além disso, dependendo da modalidade do curso, como graduação e pós-graduação, você precisará de um tipo específico de visto de estudante. 

Sem dúvida, nosso especialista vai te orientar sobre isso e você vai saber direitinho se precisa ou não tirar um visto. E, caso positivo, como é o procedimento para a solicitação e quais são os documentos exigidos. Sendo assim, os mais comumente solicitados estão:

7. Compra da passagem aérea

Enfim, chegamos à última etapa de como planejar o intercâmbio.

Essa, em especial, acompanha um frio na barriga. É com ela que enxergamos esse momento mágico se materializando.

Não é uma regra, mas é aconselhado que a passagem aérea seja adquirida após a concessão do visto. Uma vez que, em uma eventual negativa de visto, algumas companhias aéreas dificultam o reembolso.

Porém, sabemos que, quanto maior a antecedência da compra de passagem aérea, maiores são as chances de economizar.

Aqui, nosso time do departamento aéreo entra em ação com as melhores ofertas. Além, é claro, daquela assessoria completa que não cansamos de salientar!

Por fim, confira como é o regulamento para bagagens na empresa aérea que você escolheu: quantidade de volumes, peso e autorização de entrada de alguns itens no país destino.

A dica agora é preparar um check list com tudo o que você quer levar e ir marcando, conforme vai colocando na mala. Mas lembre-se de deixar espaço para as comprinhas que você vai trazer do exterior também! Travel light, na medida do possível!

Finalmente, após planejar o intercâmbio com tanto cuidado e atenção, chegou o momento tão esperado! Se despeça dos amigos e familiares, organize a documentação, chegue cedo no aeroporto e curta cada instante dos melhores dias da sua vida!

Durante toda a viagem, você pode sempre contar com o suporte personalizado da equipe da Intercultural. Estaremos à sua disposição!

A Intercultural te ajuda a Planejar um Intercâmbio!

Agora que você conheceu as 7 etapas para planejar um intercâmbio, está na hora de procurar assessoria de quem entende do assunto. 

A Intercultural tem mais de 26 anos de experiência planejando e realizando os melhores programas de intercâmbio em todo o mundo.

Nosso especialista é capaz de te orientar em todos os detalhes, para que você seja mais assertivo nas escolhas das  modalidades de intercâmbio, nos serviços e destinos disponíveis. 

E, ainda, te explicar e facilitar bastante todo o seu processo de separação dos documentos necessários, como por exemplo, para a solicitação do visto de estudante. 

Aproveite nossa consultoria gratuita para planejar um intercâmbio agora mesmo. Clique aqui e comece a mudar o seu destino!