Data Representação de um calendário 10/11/2016

Intercâmbio na América Central

4 motivos para fazer um intercâmbio na América Central. Quando falamos em intercâmbio, alguns países acabam sendo sinônimo desse tipo de viagem, e os destinos mais escolhidos por quem decide passar uma temporada no exterior, seja estudando, trabalhando ou apenas passeando. Estados Unidos, Canadá e Nova Zelândia são países fantásticos e que realmente oferecem uma […]

4 motivos para fazer um intercâmbio na América Central.

Quando falamos em intercâmbio, alguns países acabam sendo sinônimo desse tipo de viagem, e os destinos mais escolhidos por quem decide passar uma temporada no exterior, seja estudando, trabalhando ou apenas passeando.

Estados Unidos, Canadá e Nova Zelândia são países fantásticos e que realmente oferecem uma estrutura e experiências riquíssimas aos viajantes, mas que tal sair um pouco do óbvio e embarcar em um intercâmbio rumo à América Central? Pronto para descobrir o que ela oferece? Acompanhe.

1 – Oportunidade de ter fluência no espanhol

A América Central teve colonização hispânica, e por isso os países têm como língua nativa o espanhol, ou seja, fazer um intercâmbio para um desses destinos é garantia de estar em contato e aprender diariamente o idioma, o segundo mais importante no mercado de trabalho.

shutterstock_293644373

Essa experiência pode abrir muitas portas para os intercambistas, que acrescentam ao currículo, além da vivência internacional, a fluência no idioma.

2- Conhecer o berço de outras culturas

Claro que cada país tem os seus traços culturais, independente do destino que você escolha para fazer o seu intercâmbio. A questão é que, na América Central, mais precisamente na Guatemala, você vai mergulhar em costumes que não são tão conhecidos, exatamente pelo destino não ser tradicional. O país é o coração da civilização Maia, e mais da metade da população é descendente da civilização – por isso a cultura é um traço muito forte, com suas danças, culinária e pirâmides.

shutterstock_288758558

work-travel-banner

Os circos arqueológicos também são outros atrativos da Guatemala, que torna o país o destino certo para quem quer desbravar a história latina.

3 – Economizar durante o intercâmbio na América Central

A América Central é uma escolha interessante para se fazer intercâmbio por si só. Contudo, diante da crise econômica que estamos passando e a supervalorização do dólar, que torna destinos mais tradicionais opções mais caras, viajar pelos países latinos é ainda mais vantajoso.

Isso porque a desvalorização do real em relação às moedas locais dos países da América Central é pequena, o que torna tudo mais barato, desde a compra do pacote e o turismo em si, até as necessidades básicas no seu destino, como alimentação, transporte e moradia.

4 – Desfrutar de grandes experiências

Apesar de ser uma escolha menos óbvia, a América Latina é cercada de belezas naturais e recebe muito bem os turistas: a Costa Rica é um exemplo. O país é, de um lado banhado pelo mar do Caribe, de outro pelo oceano Pacífico. Se você escolhê-lo como destino, irá desfrutar de algumas das mais belas praias que a América Latina tem a oferecer.

shutterstock_93669637

Além de curso de espanhol, o país oferece oportunidade para quem quer aprimorar o idioma e trabalhar como voluntário em serviços sociais com crianças, idosos, trabalhos comunitários ou na promoção de projetos sociais. Quem tem a oportunidade de exercer o voluntariado traz na bagagem muito mais que um aprendizado, vive uma experiência gratificante.

Além desses destinos, outros países latino-americanos são procurados por pessoas que desejam fazer intercâmbio, e oferecem uma série de oportunidades aos viajantes, como Cuba.

Motivos não faltam para escolher a América Latina como roteiro, a grande dúvida fica por conta de qual país escolher como destino. Analise o que cada um oferece de melhor em relação aos seus objetivos, prepare as malas e boa viagem.

E você, já se decidiu para qual destino deseja ir? Conte pra gente pelos comentários.

 

estudar-canada-banner