Destinos exóticos - Blog - Planeta Intercultural
Data Representação de um calendário 07/01/2016

Destinos exóticos

Destinos exóticos

Se você foge do tradicional e gosta de aventura, leia no blog  Planeta Intercultural alguns dos destinos mais exóticos do planeta.

Visitar pontos turísticos famosos, em lugares conhecidos é um sonho para muita gente. Mas também existem os adeptos de um turismo diferenciado, em locais de não tão fácil acesso.

Então agora, vamos conhecer os lugares mais remotos do planeta, segundo a lista do site Flavorwire. São imagens incríveis de natureza intocável, neve, deserto, lugares que não se podem alcaçar pela estrada. Vale a visita?

 

Socotra, Iemen: a principal ilha de um remoto arquipélago no Oceando Índico, é tão isolada que um terço de sua vida vegetal é exclusiva da localidade.

 

Bouvet Island, sul do Oceano Atlântico: esta ilha é basicamente um vulcão inativo coberto com gelo e alguns tipos de fungos, líquen, musgos e neve no topo. É vazio, isolado e privativo, sendo um terreno fértil para aves marinhas.

Ilha de Páscoa, Polinésia no sudeste do Oceano Pacífico: uma das ilhas mais remotas e inabitadas da Terra, casa das legendárias estátuas moai. Sua população sobreviveu a fome, guerra civil, escravidão, doenças, exploração do meio ambiente uma epidemia. O local tem o aeroporto mais remoto do planeta – Mataveri International, que tem somente uma pista.

 

Estação McMurdo, Antártica: Lá e frio, remoto e longe. Tem o único caixa eletrônico do continente e a maior comunidade: 1258 pessoas. É um centro de pesquisa, mas a maioria dos habitantes não são cientistas. O diretor de cinema Wener Herzog quer que cada morador acredite que pode ser um artista lá, que o ambiente é mágico é lindo.

Motuo, Tibet: o local é praticamente intocado. É considerado a “Terra do Lótus-sagrado”, de acordo as escrituras budistas do Tibet. Lá não é permitido dirigir, é único país na China que não é conectado a uma estrada principal.

 

Koryak Okrug, Sibéria: quem deseja visitar um destino realmente longe e remoto, deve ir para lá. A área desolada tem a população de 0,1 pessoa por km². É muito espaço pra pouca gente!

 

Península Cape York, Queensland, Austrália: é um local populado por nativos descendentes de aborígenes e com poucos turistas, talvez um dos últimos locais na Terra não tocados pelos homens. A natureza é intocada, cheia de vida. Um terço dos mamíferos australianos e metade das espécies de aves australianas vivem lá.

 

Barrow, Alaska: uma das cidades mais ao norte dos Estados Unidos, é convenientemente localizada no Oceano Ártico. Há gelo o ano todo e poucas pessoas. Aprecie o silêncio e os sons dos estalos dos icebergs.

 

La Rinconada, Peru: localizada 17 mil pés acima do nível do mar, é a cidade mais alta da Terra.

 

Estação Espacial Internacional: perceba como tudo parece adorável, passando pelo sul de Madagascar até o norte da Austrália. Veja os show de luzes. Não é astronauta? Bem, sempre é possível reservar um quarto no espaço russo.

Fonte: Flavorwire