Data Representação de um calendário 30/05/2014

Os piores pesadelos dos viajantes! E como evitá-los.

Os piores pesadelos dos viajantes! E como evitá-los.

Para alguns viajantes sem sorte, as férias podem se transformar naquele pesadelo! Veja quais são os piores e como evitá-los.
Cancelado?!?!?
Um dos momentos mais tensos da viagem é chegar na recepção de um hotel e pedir para fazer o check-in. Ouvir em resposta: “desculpe, mas não tenho registro da sua reserva” pode ser um dos mais brutais pesadelos de viagem. Duas palavras: seja legal. Lembre que o atendente é a sua ponte para uma cama. Este seria um bom momento para você tirar do bolso a cópia da sua reserva impressa (você levou a sua cópia, né?) ou então ligar para a agência ou o site onde você fez a sua reserva. Provavelmente, é apenas um problema de comunicação ou de dados. Se não é o caso e o hotel estiver lotado, pergunte quais acomodações estão disponíveis em hoteis próximos. Isto é mais fácil em grandes redes, mas mesmo hoteis menores podem ter contato com os hoteis concorrentes na vizinhança. Se você for muito, muito prevenido, isso não acontecerá com você, porque você terá ligado alguns dias antes para confirmar a sua reserva, e se você pretende chegar tarde, terá avisado o hotel sobre sua chegada tardia, para que eles não deem seu quarto para outro.
Onde está minha carteira?
Pode parecer um dos piores pesadelos de viagem, mas é um dos mais fáceis de se lidar, se você fez seu dever de casa. Antes de viajar, tenha um cartão de débito de reserva, imprima uma lista de todas as suas contas bancárias e cartões de crédito, faça uma cópia do seu passaporte, e nunca leve estes itens na mesma bolsa que a sua carteira. Já deu para perceber: quando você perder sua carteira, você terá acesso a dinheiro, uma lista dos cartões para cancelar e uma identidade para provar que você é você, caso você tenha que pedir a um parente para mandar dinheiro para você num banco no exterior.
Bateu o carro!
Isso pode passar pela sua cabeça quando você estiver num carro alugado: o que acontece se eu me envolver num acidente? Pode ser uma situação delicada, especialmente se você estiver no exterior, onde motoristas, a polícia e trabalhadores de emergência não falem a sua língua. Mas faça um trabalho preventivo: pergunte na locadora de carros o que você deve fazer caso se envolva num acidente, não deixe de fazer seguro e aprenda os costumes e regras de trânsito locais. Caso você se envolva num acidente, ligue para a locadora, faça um boletim de ocorrência e pegue a informação de seguro de todos os envolvidos no acidente.
Onde está meu passaporte?
Pare tudo o que você está fazendo e tire uma cópia do seu passaporte. Mantenha a cópia e a carteira de motorista ou identidade separados do seu passaporte quando você viajar e você poderá encontrar a embaixada brasileira mais próxima e pedir um passaporte novo. Você pode pedir também um passaporte de emergência, se seu voo estiver próximo.
Ai, que dor!
Rápido! Sua assistência de saúde cobre seu atendimento se você quebrar uma perna em uma montanha no Nepal? Se você não sabe a resposta, você não está preparado para viajar. Tenha certeza que você entende a sua cobertura – e que você realmente está segurado para evitar grandes prejuízos financeiros. Se você se machucar, seu seguro será seu melhor amigo e vai indicar onde você deve buscar atendimento. Caso não tenha, pergunte no seu hotel ou num consulado ou embaixada local. Para coisas menos catastróficas, seu kit de primeiros socorros pode resolver.
Minha bagagem está ONDE?
Mais de 2 bilhões de malas são perdidas, danificadas ou roubadas a cada ano. Se sua bagagem estiver com etiquetada errado, colocada no avião errado ou simplesmente esquecida na esteira errada, você pode se incomodar. Mas há alguns passos simples para assegurar que sua mala esteja onde deve estar: escreva seu nome e endereço não apenas numa etiqueta do lado de fora da mala, mas também no lado de dentro; deixe uma cópia do seu itinerário na mala (caso a mala esteja na cidade errada, isso vai ajudar com que ela seja direcionada para a próxima cidade certa); chegue cedo e despache sua mala no balcão da companhia. Check-ins feitos de última hora tem maiores chances de ter a mala extraviada.
Não consigo achar meu filho!
Muito mais do que perder uma carteira, que só parece ser um pesadelo, perder seu filho num parque temático ou num passeio, ou em qualquer lugar, na verdade, é o mais legítimo e terrível desastre! Mas para a segurança do seu filho e para sua própria sanidade mental, mantenha-se calmo e procure ajuda das autoridades qualificadas o quanto antes. Policiais ou seguranças do parque já lidaram com essa situação antes e vão entender e ajudar. Provavelmente, se você for cuidadoso, você terá uma foto do seu filho na mesma manhã, então quem for procurá-lo saberá não só como ele é, mas também como ele estava vestido. E você terá dado ao seu filho alguma forma de identificação, com o seu número de celular, e você terá dito para o seu filho para procurar a polícia ou a segurança caso se perca de você.
Preso!
Ai! Foi uma porta de cela de prisão que acabou de se fechar atrás de você? Num país estrangeiro? Se você foi preso com drogas (um dos motivos mais comuns para estrangeiros serem presos), pela posse ilegal de uma antiguidade (alguns países não permitem que você saia do país com um objeto antigo, mesmo que você o tenha comprado legalmente) ou mascando chiclete (uma das razões porque muitos não visitam Cingapura, por exemplo), você deve entrar em contato com uma Embaixada ou Consulado do Brasil. Embora eles não possam livrar você da prisão, já que você está sujeito às leis locais, eles podem garantir que você tenha seus direitos assegurados e representação legal. Mas antes de viajar, tome ciência das regras locais. Posse de remédios opióides, tirar fotos de alguns edifícios e outros atos aparentemente inocentes podem colocá-lo na cadeia.
Corra pela sua vida!
Todos sabemos que visitar Los Angeles significa correr um risco de presenciar um terremoto, e que fazer um cruzeiro pelo Caribe durante a temporada de furacões significa, sim, furacões. Mas o que acontece se você for pego de surpresa num terremoto, tsunami, enchente? É simples: obedeça as autoridades (por exemplo, se eles recomendarem que você evacue a área, não seja o único turista teimoso e burro a ficar), mantenha-se informado por sites ou embaixadas locais ou por meio das redes sociais e faça contato com sua família e amigos em casa, pois eles podem também estar melhor informados que você.
Perdi minha conexão!
Ninguém quer atrasar as férias antes de elas começarem, mas atrasos por conta do tempo podem fazer com que você perca sua conexão, e nesse caso, as companhias aéreas não tem a obrigação de pagar pela sua estada num hotel ou oferecer refeições gratuitas se os atrasos se deveram a “motivos de força maior”. Nos dias que antecedem seu voo, você pode dar uma olhada na previsão do tempo para a sua cidade de partida, de destino e de conexão, pesquise os hoteis próximos aos aeroportos, cheque seu voo antes de sair para o aeroporto. Ah, e leve chocolate. Muitos chocolates. Por quê? Porque quando você receber aquela notícia horrorosa de que seu voo está atrasado ou que você perdeu sua conexão, nós queremos que você seja a pessoa na fila que não está sendo um chato. Você mostrará seu melhor sorriso, olhará o/a atendente no olho, e vai oferecer a ele/ela uma barra de chocolate. Nós não garantimos que você conseguirá embarcar no próximo voo ou uma noite de hotel grátis, mas vai colocá-lo milhas na frente do sujeito rabugento que não para de reclamar.
Onde está meu iPad?
Deixou algo importante no avião? Acontece o tempo todo, e as companhias aéreas tem meios eficientes de fazer com que você reencontre seu item perdido. Contate o serviço de bagagem da cidade em que você chegou para ver se algum item foi encontrado. Se não foi, entre no site da companhia aérea e abra um processo de perda. É possível que você receba seu item perdido em alguns dias. E, mesmo correndo o risco de ser óbvio: sempre confira se você não deixou nada no bolsão à sua frente antes de deixar a aeronave.

work-travel-banner

Fonte: Budgettravel.com

estudar-canada-banner