Data Representação de um calendário 04/05/2021

Países que exigem vacina febre amarela: conheça aqui!

Saiba porque há países que exigem a vacina de febre amarela e veja aqui como e onde tirar o seu Certificado Internacional de Vacinação.

A preocupação com a manutenção da saúde de seus habitantes é uma constante em todo lugar, sobretudo naqueles países que exigem vacina de febre amarela.

Atualmente, segundo a Anvisa, os países que exigem vacina de febre amarela são 125, em todo o mundo e, incluem a África do Sul, a Austrália, a China, os Emirados Árabes Unidos, Índia, Malta, Panamá, dentre outros.

Nesse sentido, os países que exigem vacina de febre amarela são destinos onde ainda há a possibilidade de contaminação pela doença e, por isso, o Certificado Internacional de Vacinação – CIV deve ser apresentado no aeroporto do destino.

O CIV é o documento que comprova a imunização contra febre amarela e possibilita a entrada nos países onde ainda há casos da enfermidade e, por esta razão, exigem o documento.

No Brasil, por exemplo, ainda temos ocorrências da doença, principalmente em áreas mais remotas e próximas da natureza, como na região amazônica. Por isso, o turista estrangeiro deve se vacinar antes de vir. 

E, é importante ressaltar que a vacina tem que ser aplicada em até 10 dias antes da viagem, pois é o prazo que o imunizante precisa para começar a fazer efeito.

Lista dos países que exigem vacina de febre amarela (atualizado em agosto de 2020)

  • África do Sul
  • Albânia
  • Angola
  • Antígua e Barbuda
  • Arábia Saudita
  • Argélia
  • Aruba
  • Austrália
  • Bahamas
  • Bahrein
  • Bangladesh
  • Barbados
  • Belize
  • Benin
  • Bolívia
  • Bonaire
  • Botsuana
  • Brunei
  • Burkina Faso
  • Burundi
  • Cabo Verde
  • Camarões
  • Camboja
  • Cazaquistão
  • Chade
  • China
  • Colômbia
  • Congo
  • Coreia do Norte
  • Costa do Marfim
  • Costa Rica
  • Cuba
  • Curaçao
  • Dominica
  • Egito
  • El Salvador
  • Emirados Árabes Unidos
  • Equador
  • Eritreia
  • Etiópia
  • Filipinas
  • Gabão
  • Gâmbia
  • Gana
  • Granada
  • Guadalupe
  • Guatemala
  • Guiana
  • Guiana Francesa
  • Guiné
  • Guiné Equatorial
  • Guiné-Bissau
  • Haiti
  • Honduras
  • Ilha Christmas (Ilha do Natal)
  • Ilha de São Martinho
  • Ilhas Fiji
  • Ilhas Pitcairn
  • Ilhas Salomão
  • Índia
  • Indonésia
  • Irã
  • Iraque
  • Jamaica
  • Jordânia
  • Libéria
  • Líbia Seychelles
  • Madagascar Singapura
  • Malásia
  • Malawi
  • Maldivas
  • Mali
  • Malta
  • Martinica Suriname
  • Mauritânia
  • Mayotte
  • Mianmar
  • Moçambique
  • Montserrat
  • Namíbia
  • Nepal
  • Nicarágua
  • Níger
  • Nigéria
  • Niue
  • Nova Caledônia
  • Omã
  • Panamá
  • Papua Nova Guiné
  • Paquistão
  • Paraguai
  • Polinésia Francesa
  • Quênia
  • República Central Africana
  • República Democrática do Congo
  • República Dominicana
  • Ruanda
  • Samoa
  • Santa Helena
  • Santa Lúcia
  • Santo Eustáquio*
  • São Bartolomeu
  • São Cristóvão e Néris
  • São Martinho
  • São Tomé e Príncipe
  • São Vicente e Granadinas
  • Senegal
  • Serra Leoa
  • Somália
  • Sri Lanka
  • Suazilândia (eSwatini)
  • Sudão
  • Sudão do Sul
  • Tailândia
  • Tanzânia
  • Togo
  • Trindade e Tobago
  • Uganda
  • Venezuela
  • Wallis e Futuna
  • Zâmbia
  • Zimbábue

*A lista atualizada pode ser encontrada no site da Anvisa.

Quem deve tomar a vacina para febre amarela e quem não pode

De acordo com o Ministério da Saúde brasileiro, as pessoas entre 9 meses e 60 anos de idade, que habitam em regiões consideradas de risco, em certas áreas urbanas e/ou que vão viajar para regiões afetadas pelo surto devem ser imunizadas.

work-travel-banner

Por outro lado, a vacina contra febre amarela é contraindicada para gestantes, mulheres que estão amamentando, crianças até seis meses e pessoas com mais de 60 anos. 

Igualmente, pessoas imunodepressivas, como pacientes oncológicos e portadores de doenças crônicas também não devem tomá-la.

Certificado Internacional de Vacinação

Assim, se você vai viajar pelo Brasil, pode apresentar a sua carteira de vacinação para comprovar a imunização contra a febre amarela. 

Porém, se for viajar para o exterior, em um intercâmbio de idiomas, por exemplo, em algum dos países que exigem vacina febre amarela, vai precisar apresentar o Certificado Internacional de Vacinação.

Como tirar o Certificado Internacional de Vacinação

  1. Em primeiro lugar, você precisa ser vacinado, gratuitamente na rede pública ou em alguma clínica particular.
  2. Em seguida, com a carteira (ou o comprovante) de vacinação em mãos, vai acessar o site do Governo Federal e efetuar o seu cadastro.
  3. Vai clicar no link para solicitar o Certificado Internacional de Vacinação anexando os seguintes documentos digitalizados: CPF e comprovante de vacinação, com nome e data de nascimento, data da vacinação, lote da vacina, assinatura de quem realizou a vacinação, identificação e carimbo da unidade de saúde onde você tomou a vacina.
  4. Após esta etapa final, é só aguardar o recebimento do Certificado Internacional de vacinação pelo e-mail cadastrado e boa viagem!

Por fim, se mesmo após esta completa explicação você ainda não está seguro se precisa vacinar, para a sua viagem de intercâmbio no exterior, pode contar com a gente!

Fale com nossos consultores de intercâmbio e tire todas as suas dúvidas sobre os países que exigem vacina febre amarela no mundo e pode ir tranquilo! Entre em contato! Temos condições incríveis para você realizar o sonho de estudar fora do Brasil!

estudar-canada-banner