Data Representação de um calendário 09/12/2015

Qual o custo de vida de viver na Itália?

Qual o custo de vida de viver na Itália?

Viver na Itália é como habitar cenários de filmes. Some isso a um idioma encantador (falado com as mãos, além da voz), uma culinária famosa em todo o mundo por mil motivos, cultura e arquitetura que transbordam história por todos os poros, e fica difícil resistir ao país.
Para quem está pensando também em estudar, a Itália tem a educação como prioridade. No seu currículo, tem a Universidade mais antiga do mundo (a de Bolonha, fundada em 1088) e 99% de taxa de alfabetização. Além disso, 11 das suas universidades estão dentre as mais sustentáveis do planeta.
Com tantas vantagens, fica difícil não querer fazer as malas e ir para lá agora, não é mesmo? Só fica um problema: o custo de vida. Por isso, confira algumas informações preciosas que quem deseja viver na Itália precisa conhecer!

Aluguel

Essa é a parte que costuma pesar no bolso e que provavelmente vai ficar com a maior parte do seu orçamento. Antes de achar sua morada definitiva, é legal se programar para ficar um mês num quarto alugado (o Airbnb pode oferecer alternativas interessantes para esse período), para poder pesquisar com calma.
Os mais caros costumam ser aqueles de maior movimentação turística, algo que se pode esperar de quase todas as cidades italianas. Os termos monolocale, bilocale e trilocale se referem a imóveis de 1, 2 ou 3 cômodos respectivamente, sem contar o banheiro. Para se ter noção de valores, um trilocale tem aluguel em torno de 900 euros e a maioria deles já é mobiliado. Tente fugir das imobiliárias para não ter que pagar a mais pela parte deles, mas não se esqueça de registrar seu contrato de aluguel, em casos de negociação direta com o proprietário!
Outra opção são as acomodações oferecidas pelas escolas e apartamentos compartilhados com outros estudantes, que te darão a oportunidade de conhecer pessoas de outros países, além de praticar seu italiano. Os apartamentos ainda são mobiliados e trazem cozinha e banheiro equipados.

work-travel-banner

Alimentação

Comer beira o sagrado para os italianos — e eles têm toda a razão, com uma culinária dessas! Em se tratando de comer fora, é comum que se tenha opções para almoço com valores fixos, prato com uma bebida e sobremesa (por volta de 15 euros). Mas fica muito, muito mais barato comer em casa.
Os supermercados maiores têm melhores preços e maior variedade, além de fazerem promoções diariamente. Mercadinhos menores costumam ser 30% mais caros. É possível achar bons vinhos por 3 ou 4 euros. Produtos de higiene e limpeza também têm bons preços — especialmente se o supermercado tiver marca própria.
É muito comum também ver feirinhas de alimentos pelos bairros, com verduras, legumes, carnes, ovos e laticínios de produtores locais. Pode-se estimar um gasto de cerca de 200 euros com alimentação, por mês, em compras para duas pessoas.

Roupas

Assim como em toda a Europa, os preços de roupas costumam ser justos — bem mais que no Brasil. E quando resolvem fazer liquidação, é pra valer: as peças realmente caem muito de preço. Não são chamariz para que o cliente gaste com outras peças, eles realmente querem se livrar do estoque! Lojas de departamentos como H&M, por exemplo, costumam ter bons preços e artigos de qualidade.

Transporte

Poder contar com transporte público de qualidade e não depender de carro já é uma tremenda facilidade e economia para quem quer viver na Itália. Não há como precisar valores dos ônibus e trams (bondes), pois eles varia de cidade para cidade, mas normalmente eles oferecem possibilidades de pagamento mais barato se você comprar bilhetes mensais.
Em Florença, por exemplo, um bilhete mensal sai a 35 euros e o uso para ônibus é ilimitado; já em Roma, o bilhete semanal sai a 24 euros. Abuse das bicicletas, meio de transporte muito comum para italianos e europeus em geral — dá pra alugar ou ter a sua. Despesas com carro costumam ser altas e possivelmente você vai ter gastos com aluguel de garagem.
Decidiu aprender mais que buongiorno e viver nesse país apaixonante? O que achou do custo-benefício de se viver na Itália? Divida com a gente suas opiniões, deixe seu comentário!
A Intercultural é o seu portal para estudar no exterior.  O mundo te espera! Acesse: https://www.maisintercambio.com.br/
[captacao-banner conteudo_titulo=”Receba dicas e promoções de intercâmbio” formid=”cf7e3181-9dde-43e2-b3e2-72a9cb1dddf9″ conteudo_descricao=”Deixe seu email e receba dicas e promoções para estudar e trabalhar no exterior.”]

estudar-canada-banner