Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Working Holiday Visa: TUDO sobre este tipo de visto

Working Holiday Visa: TUDO sobre este tipo de visto

Você já ouviu falar no Working Holiday Visa (WHV)? Este é um tipo de visto que permite conciliar viagens e trabalho, ou seja, é uma forma de visitar um novo país e ainda trabalhar legalmente no exterior.

Muita gente acredita que fazer um intercâmbio é um sonho distante e inacessível. Mas e se a gente disser que o Working Holiday Visa pode ser a sua chance de conhecer o mundo e adicionar uma experiência internacional no currículo – tudo isso com um excelente custo benefício?

Neste artigo, vamos mostrar porque o Working Holiday Visa é uma opção mais simples e menos burocrática de realizar uma intensa troca cultural e obter grandes oportunidades para sua carreira.

Quer trabalhar no exterior e ficou curioso sobre o assunto? Então, continue a leitura que a gente te conta tudo!

O que é o Working Holiday Visa?

intercambio ferias

Em português, Working Holiday Visa significa “visto de trabalho e férias”.

Como o próprio nome indica, este é um tipo de visto que permite aos viajantes passar um período trabalhando no país de destino, conhecendo diferentes lugares e aprimorando seu conhecimento no idioma.

Este tipo de intercâmbio de trabalho é possível porque existe uma parceria entre os países envolvidos, incentivando a troca cultural e a criação de oportunidades profissionais para jovens adultos.

Já imaginou morar na Alemanha, estudar a língua nativa e ainda trabalhar durante o seu período de férias? Ou na França? Ou do outro lado do planeta, na Nova Zelândia?

Com o visto WHV, você pode buscar uma vaga de emprego em praticamente qualquer área de atuação e permanecer em média 12 meses no país.

Tudo isso de forma muito menos burocrática do que outros tipos de visto, como o visto de estudante, por exemplo.

Uma oportunidade e tanto para trabalhar no exterior e colocar o mundo em seu currículo, hein?

Quais são os pré-requisitos para fazer este intercâmbio de trabalho?

À primeira vista, o Working Holiday Visa pode parecer bastante restrito, mas a verdade é que existem muito mais vantagens do que você pode imaginar.

Cada país tem suas próprias regras para este tipo de intercâmbio de férias, mas em geral os critérios de elegibilidade estão relacionados à idade, grau de escolaridade e área de atuação.

Também é importante destacar que este visto não é válido para cônjuges, filhos ou outros dependentes. Para viajar acompanhado, é necessária a aplicação de um visto à parte para o acompanhante.

A seguir, iremos mostrar as características do WHV nos três países com os quais o Brasil tem parceria:

  1. Nova Zelândia;
  2. Alemanha;
  3. França.

Mas, antes de continuar a leitura, tenha em mente que as regras de cada destino podem mudar a qualquer momento. Por isso, o nosso conselho é que você busque sempre a informação mais atualizada no site da imigração do país em questão.

Também é importante deixar claro que, para todos os países mencionados, a sua inscrição não garante a concessão do visto. Ela irá para a análise do agente de imigração que analisará sua aplicação para que ele possa tomar a decisão final.

Dito isto, é hora de conhecer um pouco mais sobre o programa. Vamos lá?!

WHV Nova Zelândia

whv nova zelandia

Sem dúvidas, a Nova Zelândia é um dos destinos mais procurados quando o assunto é intercâmbio de trabalho.

Afinal, o país conta com diversos incentivos para estudantes estrangeiros, sendo que o principal deles é a possibilidade de trabalhar durante o período de permanência.

Para tornar tudo ainda mais atrativo, o WHV é uma forma ainda mais simplificada de estudar e trabalhar na Nova Zelândia.

Mas é preciso ficar atento, pois há um número limitado de vagas para o Working Holiday Visa para brasileiros: apenas 300 vistos desse tipo são concedidos ao ano – e as vagas são muito concorridas.

Por isso, é importante se atentar ao dia exato em que as inscrições abrem no site do governo. Afinal, as vagas acabam em questão de horas!

A seguir, confira se você está apto para concorrer às vagas:

  • Ter entre 18 e 30 anos de idade;
  • Nível de inglês funcional;
  • Comprovar que possui pelo menos NZ $4,200 para se manter enquanto estiver no país;
  • Possuir um seguro de saúde que cubra todo o tempo de permanência no país;
  • Passagem de volta para o Brasil ou comprovação de que tem dinheiro suficiente para sair da Nova Zelândia ao fim do programa.

É importante lembrar que você poderá atuar em qualquer área, desde que não trabalhe por mais de 3 meses em cada empregador e 12 meses no total. Além disso, você também poderá estudar por até 6 meses de sua estadia.

WHV Alemanha

whv alemanha

A Alemanha foi um dos últimos países a estabelecer o Working Holiday Visa, no ano de 2019. Conforme o governo alemão afirma, esta é uma ótima maneira de conhecer o país, seu povo, cultura e vida cotidiana.

Já imaginou fazer um intercâmbio de trabalho na maior potência econômica da Europa – e ainda poder visitar os seus inúmeros pontos históricos, culturais e naturais?

O WHV é válido por 12 meses e deve ser solicitado na embaixada alemã ainda no Brasil. Os requisitos para se candidatar para esse tipo de visto são:

  • Ter entre 18 e 30 anos de idade no momento do requerimento do visto;
  • Não ter participado do programa Working Holiday anteriormente;
  • Comprovar que tem capacidade financeira para se manter no país durante os primeiros quatro meses (600 euros por mês, 2400 euros no total);
  • Possuir seguro saúde para todo o período, com a cobertura mínima exigida;
  • Oferecer informações sobre a acomodação no país;
  • Entender que o principal objetivo da viagem à Alemanha é ser um período de férias;
  • Carta motivacional assinada;
  • Currículo.

Durante este intercâmbio de férias, você poderá trabalhar nas mais diversas áreas e estudar por até 6 meses.

WHV França

whv franca

Assim como na Nova Zelândia e na Alemanha, o Working Holiday Visa na França permite que um turista permaneça até um ano no país, com permissão para trabalhar.

Para obter o WHV francês, você deve solicitar um visto temporário de longa duração e, ao chegar no país, não precisa cumprir nenhuma outra formalidade.

Os requisitos para participar deste intercâmbio de trabalho em solo francês são:

  • Ter entre 18 e 30 anos de idade;
  • Nunca ter participado do programa Working Holiday;
  • Não estar acompanhado de dependentes (crianças);
  • Possuir passagem aérea de volta para o Brasil;
  • Comprovar capacidade financeira de se manter no país durante o intercâmbio;
  • Entender que a principal motivação para a viagem é o turismo e a descoberta da cultura francesa.

Quais são as vantagens deste tipo de intercâmbio de férias?

intercambio trabalho 2

Trabalhar no exterior é sempre uma experiência muito enriquecedora. Já imaginou poder adicionar uma experiência internacional no currículo, praticar o idioma e ainda conhecer pessoas do mundo inteiro?

Quando falamos do WHV, as vantagens são ainda maiores!

Afinal, estamos falando de um programa em que há um acordo entre o Brasil e o país de destino. Isso significa que o processo é bem menos burocrático do que outros tipos de intercâmbio.

Você não precisa necessariamente estar matriculado em uma escola de idiomas ou em uma universidade para poder trabalhar no país, apesar de poder estudar enquanto estiver por lá.

A duração do visto também costuma ser maior do que em outras categorias. O visto de estudante, por exemplo, geralmente tem validade de 3 ou 4 meses em alguns destinos.

Também é preciso lembrar que você receberá um salário, que ajudará com os custos do intercâmbio.

Por fim, mas não menos importante, esse tipo de intercâmbio de férias é uma oportunidade única para conhecer diferentes lugares, culturas e pessoas, aumentando sua bagagem como em nenhuma outra experiência!

Working Holiday Visa e outros tipos de intercâmbio é com a Intercultural!

trabalhar exterior 1

Neste artigo, explicamos em detalhes sobre um tipo de intercâmbio de trabalho que tem se popularizado a cada ano: o Working Holiday Visa.

Este é um programa em que o governo brasileiro firma uma parceria com países como Nova Zelândia, Alemanha e França, para que intercambistas possam viajar e trabalhar no destino por até um ano.

De forma geral, são disponibilizadas poucas vagas em cada país, por isso costumam existir bastantes restrições. Mas, se você atende aos requisitos, o processo é bem menos burocrático do que outras modalidades de intercâmbio.

Você não atende os pré-requisitos do programa mas gostaria de ter a chance de trabalhar no exterior? Não se preocupe! Na Intercultural trabalhamos com diversos destinos e pacotes de intercâmbio – certamente um deles foi feito para você!

Por outro lado, se você atende aos pré-requisitos do programa, hoje é seu dia de sorte! Conte com a Intercultural para a aplicação do seu Working Holiday Visa, seja na Nova Zelândia, na Alemanha ou na França!

O mundo quer conhecer você e nós te mostramos o caminho! Entre em contato com a nossa equipe agora mesmo e comece a planejar a sua viagem agora mesmo!

RELACIONADOS
Babá nos Estados Unidos: ganhe em dólar e aprenda inglês
Babá nos Estados Unidos: ganhe em dólar e aprenda inglês
Ser babá nos Estados Unidos tem um ótimo custo-benefício. Você conhece outro país, aprende inglês e ainda ganha para isso. Entenda mais!
Happy mom, adopted daughter drawing together, lying on floor. Adoption, children's creative leisure
Como ser au pair? Conheça todos os requisitos
Se você deseja trabalhar no exterior por um longo período, descubra como ser au pair e embarque nessa aventura. Leia o artigo e entenda os requisitos.
USA, back view of woman in front of Stars And Stripes
Férias nos Estados Unidos: aprenda enquanto viaja
Imagine passar férias nos Estados Unidos e, além de se divertir, aprender inglês ou ganhar em dólar? Confira as possibilidades!
cidades-mais-ricas-estados-unidos
Cidades mais ricas dos Estados Unidos: conheça o top 20
Este artigo foi feito para quem deseja viver um verdadeiro sonho americano. Confira as 20 cidades mais ricas dos Estados Unidos!
soft-skills
Soft Skills: saiba o que são e qual a sua importância
Confira tudo o que você precisa saber sobre as habilidades mais buscadas pelos recrutadores de empresas, as soft skills. Leia o artigo!
morar-franca
Morar na França: tudo que você precisa saber sobre o país
Morar na França é o sonho de muita gente. Afinal, o país tem uma aura mágica que atrai a atenção. Mas como é o dia a dia por lá? Confira!
Carregando

Faça seu orçamento

Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade.