Data Representação de um calendário 20/03/2022

Faculdade na Alemanha: tudo sobre fazer graduação no país

Fazer uma faculdade na Alemanha é uma opção barata para a sua graduação no exterior. Leia o artigo e saiba tudo sobre faculdade na Alemanha!

Cada vez mais brasileiros têm optado por fazer a faculdade na Alemanha – e não é difícil entender a razão. Afinal, estamos falando de um sistema de ensino superior reconhecido mundialmente e que oferece qualificações a um custo relativamente baixo.

Neste artigo, vamos explicar tudo sobre como fazer faculdade na Alemanha: os principais requisitos, o processo de candidatura, os custos e muito mais.

Então, continue a leitura e descubra como cursar a faculdade na Alemanha é uma oportunidade e tanto para a sua carreira acadêmica e profissional!

Como ingressar em uma faculdade na Alemanha?

Em primeiro lugar, é preciso entender que normalmente não é possível ingressar em uma universidade alemã logo após o término do ensino médio. Isso porque o ensino médio no Brasil tem um ano a menos do que na Alemanha.

Portanto, é preciso fazer um curso preparatório com duração de dois semestres em período integral antes de se candidatar para uma instituição de ensino superior em terras germânicas.

O chamado Studienkolleg conta com aulas com ênfase em disciplinas voltadas para o curso de graduação desejado.

Ao final do curso, os alunos devem passar pelo exame Feststellprüfung (FSP) que, juntamente com o certificado de conclusão, garantem o acesso de estrangeiros às universidades na Alemanha.

Também existe outra possibilidade de iniciar um curso de graduação em solo alemão: após cursar pelo menos dois semestres de uma faculdade no Brasil.

A seguir, confira mais informações sobre essa opção!

banner-diplomas-exterior

Faculdade na Alemanha a partir de uma faculdade no Brasil

Depois de cursar pelo menos dois semestres em uma instituição de ensino superior brasileira, é possível se candidatar para estudar na Alemanha.

O processo de candidatura pode ser feito diretamente na instituição e, de forma geral, é preciso apresentar os seguintes documentos:

  • Carta de motivação, explicando as razões pelas quais você escolheu estudar na universidade em questão;
  • Histórico e diploma do ensino médio, com tradução juramentada;
  • Histórico da universidade no Brasil, também traduzido;
  • Cartas de recomendação feitas por professores e/ou orientadores;
  • Currículo, em alguns casos;
  • Certificado de exame de proficiência, em alemão e/ou inglês.

É importante destacar que o primeiro ano cursado no Brasil não será reconhecido para eliminação de disciplinas. Trata-se apenas de um pré-requisito para que você consiga se candidatar para uma universidade sem passar pelo Studienkolleg.

Quais são os custos?

Aqui vai uma boa notícia: as universidades públicas na Alemanha não cobram mensalidades dos alunos, nem mesmo dos estudantes estrangeiros.

No entanto, são cobradas taxas administrativas semestrais para cobrir os custos com transporte coletivo e com as instituições que gerenciam os dormitórios e refeitórios estudantis. Essas taxas variam de €100 a €300 por semestre.

Falando em custos, eis outro ponto positivo de cursar uma faculdade na Alemanha: durante o período de estudos, os estudantes internacionais podem trabalhar legalmente por 20 horas semanais.

Assim, é possível fazer uma graninha (cerca de €8,50/hora) para bancar os gastos com moradia e alimentação durante o seu intercâmbio na Alemanha. Atrativo, não?

Faça uma faculdade na Alemanha com a Intercultural!

E aí, ficou com vontade de se aventurar em solo europeu e cursar uma faculdade na Alemanha?

Então, entre em contato com a equipe Intercultural para descobrir qual o melhor programa de intercâmbio para os seus interesses e necessidades!