Data Representação de um calendário 23/10/2015

Estudar no exterior: por onde começar?

Estudar no exterior: por onde começar?

Para muitas pessoas, o sonho de estudar fora do Brasil vem acompanhado de questionamentos como: “por onde começar?”
Como todo grande objetivo, estudar no exterior exige organização e por mais que muitas vezes ao chegar no país de destino aconteçam situações inesperadas, se planejar é fundamental. Por esse motivo, primeiramente, definir uma data certa ou aproximada para o embarque se torna essencial para toda a organização do projeto seja um sucesso.
Para quem almeja aprender ou aperfeiçoar uma língua estrangeira, um grande passo, após definir o idioma que deseja, é escolher o destino de sua viagem. Isso exige uma grande e deliciosa pesquisa em meio a tantas opções pelo mundo! Essa escolha pode partir do seu perfil pessoal e da experiência que você deseja ter no intercâmbio. Por exemplo, se prefere cidade pequena às grandes metrópoles; se faz questão de destinos com praias; se prefere frio ou calor; se optar por um país que permite trabalhar enquanto estuda, qual a cidade oferece mais oportunidades em sua área ou até mesmo se deseja ter uma experiência em um lugar bem diferente do que está acostumado – que tal sair da grande São Paulo ou Porto Alegre e passar alguns meses estudando na pequena St. Julians em Malta?
Com idioma e destino definidos, partiremos para a busca da instituição de ensino que mais atenda o seu perfil. Assim como a cidade, existem escolas para todos os gostos: menores e locais; grandes redes com mais de 500 alunos e unidades em várias cidades; modernas ou familiares; escolas localizadas na região central ou na praia etc.
Em paralelo, podemos pensar sobre o curso que deseja estudar. Do nível básico ou nenhum do idioma até o mais avançado, existem opções de turmas. Ou seja, você não precisa ser fluente na língua para realizar um intercâmbio! Além disso, as escolas oferecem diferentes cargas horárias – aulas somente pela manhã; aulas pela manhã e tarde e até mesmo aulas no período noturno – permitindo assim maior flexibilidade para quem deseja não só estudar, como também aproveitar tudo o que o destino tem a oferecer.
Somando-se a isso, precisamos pensar na questão da acomodação (que também oferece opções para os mais variados gostos!) e requisitos para o visto, além de outros pequenos detalhes que podem ser organizados com tranquilidade antes de arrumar as malas e embarcar.
A Intercultural foi criada com a missão de descomplicar a vida de quem sonha estudar no exterior. Acesse: www.maisintercambio.com.br e veja que é muito fácil pesquisar, comparar e comprar destinos e cursos de idiomas. Somos o seu portal para estudar no exterior. Vem: o mundo te espera!

work-travel-banner
estudar-canada-banner