Data Representação de um calendário 26/07/2016

Sevilha: o destino perfeito para estudar espanhol

Sevilha: o destino perfeito para estudar espanhol

Imagine unir o útil ao agradável. Além de estudar espanhol, Sevilha oferece um coquetel de atrações que certamente cairão nas graças de quem curte história, arquitetura, uma boa gastronomia e cartões postais de deixar muita gente de queixo caído.
É como viver em uma metrópole com ares do interior. Sendo a quarta maior cidade da Espanha, com mais de 700 mil habitantes, Sevilha, na comunidade de Andaluzia, traz em suas raízes muitas tradições que contribuíram para a formação do povo local, altamente multicultural e fruto de uma miscigenação vinda das influências de fenícios, gregos, romanos e árabes.
Se, na arquitetura, as obras remetem ao passado, nas ruas, a população local abre espaço aos jovens que se divertem nas muitas boates e bares localizados em vários bairros badalados da cidade.
Tudo tendo o charme do rio Guadalquivir, que corta boa parte da extensão territorial do município. Com extensão de 657km até desaguar no Oceano Atlântico, o nome do rio é em árabe, e significa “o grande rio”.
Foi desse rio que Cristóvão Colombo partiu para descobrir as Américas. E também essas águas contribuíram para fertilizar as margens que atraíram muitos imigrantes de outros países.

A Espanha dos sonhos

Bons vinhos, com um clima mediterrâneo e temperaturas em uma média de 18 graus Celsius ao longo do ano, Sevilha é, para muitos, como um sonho, onde o profano se entrelaça com o religioso, o prazer com a sedução e o folclore com a realidade.
Com o ponto alto na Semana Santa, quando acontece o tradicional desfile das irmandades pelas ruas da cidade, muita gente também aproveita a Feria de Abril, uma festa folclórica, onde se canta e dança muito sevilhanas e flamenco nas casetas montadas especialmente para o evento.
As touradas são também típicas da região, principalmente na praça “La Maestranza”, grandiosa e histórica.
Apesar de ser uma das cidades mais quentes da Europa, no inverno (a partir de janeiro) as temperaturas oscilam de 5 a 15 graus celsius. Já no verão, em julho, atingem até 35 graus.
Na Espanha, a moeda é o euro e o fuso horário de Sevilha tem quatro horas na frente de Brasília. As tomadas são 220 volts na cidade.
Uma das vantagens para quem vai estudar espanhol é que a cidade tem uma pluralidade cultural muito propícia aos novos aprendizados. Saindo do Aeroporto de Madri até o de San Pablo, a chegada a Sevilha dura apenas 15 minutos deste último ponto. É possível, também, pegar um ônibus partindo de Madri, caso você não queira fazer mais um voo.

Passeios contagiantes

Catedral

Sevilha é um requinte. Quando você não estiver estudando, opções não faltarão para o seu dia se transformar em inesquecível. Passeios de barco, de bicicleta pelo centro antigo, vilas, praças e até mesmo de charretes são apenas alguns dos inúmeros meios de se entreter.
Que tal visitar igrejas históricas sob o ar arquitetônico da cultura árabe? A Catedral, erguida no século XII, tem, na sua enorme torre Giralda, um patrimônio Mundial concedido pela UNESCO. São 104,1m de altura em um campanário onde se vê toda a cidade. Uma vista panorâmica vislumbrante e privilegiada. Na base da torre, há pedras que remetem ao imperador romano Augusto.
A catedral é a maior gótica da Europa, onde fica a tumba de Colombo. Do século XV, o edifício dá um ar de grandeza fora do comum, muito pelo silêncio de suas sacristias.
Situada no centro histórico, a igreja fica aberta ao público todos os dias. Existe uma taxa para a visitação e há guias, caso você queira conhecer todos os detalhes do local.

Real Alcázar

A residência real espanhola, ainda hoje usada pelos monarcas, tem uma harmonia geométrica de encher os olhos. Sendo um grupo de edifícios e jardins, trata-se de uma das principais obras arquitetônicas da Europa.
Nesse local, as virgens eram apresentadas aos reis mouros, por volta do século XI. Situado na margem leste do rio Guadalquivir, o Real Alcázar leva o visitante a um passeio onde a serenidade ganha espaço. Imperdível!

Plaza de España

Uma das praças mais lindas do país, a Plaza de España é um ponto que merece a sua visita. Construída em 1928, traz, em sua essência, uma fonte luminosa que valerá muitas fotos inesquecíveis. Além disso, o estilo renascentista dos edifícios se entrelaça com obras em cerâmica, como bancos retratando as províncias da Espanha.
Foi criada pelo arquiteto Aníbal González e também serviu de palco para filmes, como Guerra nas Estrelas I e III. Situada no Parque de Maria Luísa, a visitação é gratuita e rica em emoções.

work-travel-banner

La Cartuja

É um dos maiores estádios da Espanha e abriga shows musicais, jogos esportivos e espetáculos culturais. Cantores mundialmente famosos, como Madonna e a banda U2, já pisaram por lá. São 57 mil lugares, mas para shows, a capacidade é aumentada para 72 mil por conta do uso do espaço do gramado.
No local, você poderá ainda praticar muito o espanhol, seja para conhecer novas pessoas ou simplesmente para desvendar novas histórias inquirindo quem esteja à sua frente.

Museu de Belas Artes

Se estudar espanhol é a sua meta, melhor ainda se, na mesma bagagem, você trouxer muitas histórias diferentes. E no Museu de Belas Artes são nada menos do que 600 anos de arte espanhola contadas em seus corredores.
Ele fica em um antigo convento datado de 1612 e traz obras até mesmo da Idade Média. Multidões ficam impressionadas no local, que conta com obras maravilhosas de pintores barrocos.
O museu só não abre às segundas-feiras, e cobra uma pequena taxa pela visita.

Artesanato com cara hippie

Artesanatos dos mais variados possíveis têm espaço de sobra pelas ruas de Sevilha. Praças como Magdalena, Calle Feria e Calle Alameda possuem trabalhos em cerâmica, couro, roupas transadas, bijuterias de pedras, enfim, tudo que atrai a atenção de jovens do mundo inteiro.
Há muitas barracas e você certamente encontrará boas lembranças para familiares e amigos, com a cara multicultural da cidade. Vale a pena desvendar as mais variadas produções dos artistas locais e também de outros países que se radicaram em Sevilha.

Gastronomia requintada

Porções de peixes, tapas, frutos do mar e muita culinária árabe reforçam o passeio pelas ruas de Sevilha.
O gaspacho, um tipo de sopa fria com vários ingredientes, conquista muitos paladares e é uma ótima pedida para você experimentar um prato local. Pratos à base de carnes de caça também são muito encontrados pelas ruas da cidade.
Ficou encantado? Veja também outro post no qual citamos incríveis cidades da Espanha para visitar.

Estudar espanhol em Sevilha

Aliando esse vasto mundo cultural e histórico, o seu estudo de espanhol em Sevilha certamente será uma excelente oportunidade para transformar essa experiência em um grande diferencial na sua vida.
Novas amizades e novos conhecimentos serão os ingredientes perfeitos para essa viagem, que tem tudo para mudar a sua vida! Gostou de conhecer um pouco sobre Sevilha? Então deixe um comentário!

estudar-canada-banner