Data Representação de um calendário 06/01/2021

Viajar sozinho: o guia completo para não passar perrengue.

Alerta spoiler: se aventurar sozinho é um caminho sem volta. Saiba como viajar sozinho sem passar perrengue com essas dicas.

Seja para fazer um mochilão ou se aventurar em um programa de intercâmbio. Você já pensou em viajar sozinho?

Inicialmente a ideia pode parecer assustadora. Mas garantimos que viajar sozinho é mais comum do que você imagina. Além disso, hoje em dia há muitas ferramentas disponíveis para ajudar os viajantes solo

Então, antes que você pergunte “Como viajar sozinho sem passar perrengue?” separamos dicas dignas de uma experiência inesquecível. 

Faça novas amizades

Viajar sozinho é uma ferramenta de empoderamento e auto realização. Além disso, sair da zona de conforto é libertador. 

Solo travelers conhecem mais pessoas: seja no albergue, na residência estudantil, na casa de família, na escola ou nas excursões em grupo. São pessoas de alma aventureira que, assim como você, estão mais receptivas a novas amizades. 

Leve um cartão pré-pago de viagem.

Trata-se de um cartão de viagem sem anuidade. Primeiro, carregue o cartão com a quantia que deseja e utilize até acabarem os créditos. Caso precise, você consegue carregar mais ao longo do tempo. 

Na dúvida, carregue dólar americano em espécie. 

Mesmo se o EUA não é o seu destino, considere levar também dólares americanos! Nós te explicamos: o dólar americano é a moeda mais aceita em qualquer loja de câmbio. Não dá para dizer o mesmo do nosso Real. 

O mesmo vale para o Euro, caso a Europa seja o seu destino. Assim, é garantia que você não vai ficar na mão.

Estude sobre a aplicação do visto para cada país.

Alguns países não é necessário aplicar para o visto de turista. É o caso da Tailândia, por exemplo. Já outros, apenas uma autorização de viagem é suficiente. É o caso da Nova Zelândia. Estude as condições de cada destino com antecedência, já que a aplicação pode levar até 2 meses dependendo do país.

Faça um cópia autenticada do seu passaporte 

Sabe aquela expressão “um homem prevenido vale por dois”? Este é o caso. Apenas por prevenção, faça uma cópia autenticada do seu passaporte e distribua em locais diferentes. Por exemplo, na mala e no bolso. Em caso de perda, leva a cópia para o consulado ou embaixada brasileira do país de destino.

work-travel-banner

Cartão do banco internacional.

Se você tem um cartão de crédito internacional, você pode usar lá fora. Por isso, não esqueça de comunicar o banco sobre a sua viagem internacional. Entre em contato através dos canais de atendimento do seu banco!

Este é um protocolo comum para evitar que o banco decline transações consideradas suspeitas!

Baixe o google maps offline.

Você vai nos agradecer depois. Dependendo da sua localização, mesmo utilizando um chip de internet local, o sinal da internet pode te deixar na mão.

E são justamente nas horas que a gente mais precisa, não é mesmo? Drible este perrengue. Por isso, antes de deixar a cobertura de wi-fi, certifique-se de fazer o download do google maps da região. 

Vacinas 

Em alguns países é obrigatório estar com as vacinas em dia. As mais comuns são: 

Febre amarela.

Tétano.

Difteria.

Hepatite A e B.

Confira as exigências de cada destino.

Seguro saúde.

Por fim, não esqueça da sua saúde. A maioria dos países não possui um sistema público de saúde ou não são gratuitas para estrangeiros. Além disso, as internações costumam sair muito caras, até mesmo para os padrões brasileiros. Sendo assim, é melhor prevenir e curtir as merecidas férias. 

Planeje com quem entende de viagem.

A Intercultural faz tudo para a sua viagem. Desde passagem aérea, acomodação, seguro viagem, cartão pré-pago, aplicação de visto, aluguel de carro e muito mais. 

Viajar sozinho não precisa ser tão complicado. Conte conosco!

Fale com um de nossos especialistas!

estudar-canada-banner