5 maiores atrativos das Ilhas de Malta para se divertir no intercâmbio - Intercultural
Data Representação de um calendário 28/12/2015

5 maiores atrativos das Ilhas de Malta para se divertir no intercâmbio

5 maiores atrativos das Ilhas de Malta para se divertir no intercâmbio

As belezas de Malta encantam a todos e, por isso, cada vez mais turistas optam por visitar esse destino. Com muitas praias lindas e uma recepção maravilhosa feita por um povo amistoso, o arquipélago composto pelas ilhas de Malta tem em torno de 300 quilômetros de extensão, sendo um dos menores territórios da Europa. O país está localizado na região central do Mar Mediterrâneo e tem uma costa completamente recortada, formando várias baías e portos banhados por águas cristalinas.
Malta oferece, ao mesmo tempo, possibilidades enriquecedoras de estudo e muitos atrativos para diversão. Vestígios de uma história rica permitem uma imersão cultural deslumbrante pelos detalhes e lembranças do passado das ilhas, povoada por diversas civilizações ao longo dos anos.
Um desses povos foram os Fenícios, que, além de batizarem as ilhas de Malta — nome que significa “porto seguro” —, também construíram prédios de calcário incríveis preservados até hoje por uma população que une o antigo e o novo. A excelente cozinha, atividades náuticas e artes também compõem um pouco desse lugar, que não pode ser deixado de visitar.
Isso tudo já é motivo o bastante para conhecer Malta, mas não para por aí. Confira no post de hoje mais 5 locais que você deve visitar em um intercâmbio nessas ilhas paradisíacas!

Valleta

A capital de Malta é passagem obrigatória, um verdadeiro museu a céu aberto. Valleta é o coração do comércio local e encanta a qualquer um com suas muralhas e fortificações. Cheia de ruas e vielas com arquitetura preservada, a cidade maltesa foi declarada como Patrimônio da Humanidade pela Unesco.
Não deixe de visitar o Museu da Guerra, que guarda memórias da Segunda Guerra mundial, e o Museu Nacional, chamado de Palácio do Grande Mestre, onde estão diversas pinturas de artistas reconhecidos. As construções religiosas, como a catedral de São João, são outras atrações imperdíveis.
O ar pitoresco da cidade não está somente nos prédios antigos, que retratam a vida do povo que construiu a arquitetura do arquipélago, mas também nas atrações gastronômicas e artísticas, como cafés e bares com muita personalidade e arte envolvidos.

Mdina

A “cidade do silêncio” tem 300 habitantes e é a antiga capital de Malta. Mdina é  calma, com pequenas ruas perfeitas para passeios a pé que levam até o fim da cidade, onde o viajante pode contemplar uma vista panorâmica da região em um campo aberto lindíssimo. A vila medieval abriga o Museu de História Natural e antigos palácios repletos de mistério e tranquilidade que encantam a qualquer um. A cidade é perfeita para quem gosta de aprender a história com sossego e harmonia.

Blue Lagoon

Uma lagoa azul com belas vistas de qualquer lugar, a praia de água transparente é deslumbrante e todos que conhecem se apaixonam pelo local. Para ir até lá é preciso pegar uma balsa até Gozo. Ao desembarcar, você irá se deparar com paisagens fascinantes com rochas vulcânicas e águas límpidas.

Mosta

A catedral de Mosta tem uma das maiores cúpulas europeias. Segundo a lenda, em 1942, uma bomba caiu na catedral enquanto 300 pessoas rezavam, mas o projétil teria rolado pelo interior sem explodir. O incidente é considerado um milagre e a bomba está em exposição no local.

Marsaxlokk

A pequena vila de pescadores fica a 40 minutos da capital e é um ótimo local para aproveitar os restaurantes nas baías, que oferecem cardápios com variedades de peixes frescos e um clima agradável. Vá em um domingo e visite a feira típica da cidade, onde podem ser comprados doces regionais e souvenires. Também é possível participar de uma festa de recepção feita para os turistas no mercado.
Uma curiosa tradição local é enfeitar os barcos, chamados de luzzu, com olhos, pois acredita-se que isso confere proteção à embarcação.
E então, gostou das dicas? Já foi para as Ilhas de Malta e tem sugestão de lugar para ir ou alguma história para contar? Comente com a gente e até a próxima!