Data Representação de um calendário 28/03/2022

Carta de intenção: para que serve e como escrever?

A carta de intenção é necessária para o processo seletivo de universidades no exterior. Leia o artigo e saiba como escrever uma carta de intenção!

A carta de intenção é um documento amplamente utilizado em processos seletivos, seja para vagas de emprego, estágio ou cursos de pós-graduação. Além disso, também pode fazer parte dos requisitos para participar de um programa de intercâmbio.

A maior parte das universidades no exterior exigem que os candidatos apresentem uma carta de intenção, demonstrando seu interesse em estudar naquela instituição.

Acima de tudo, a carta de intenção é uma forma de apresentar as informações relevantes da sua trajetória acadêmica, profissional e pessoal – para além dos números e dados do currículo.

Então, se você quer saber mais sobre a finalidade e como escrever uma carta de intenção, continue a leitura e confira!

O que é e para que serve uma carta de intenção?

Também chamada de carta de motivação ou de interesse, a carta de intenção pode ser solicitada no momento da inscrição para o seu programa de graduação ou pós-graduação em uma universidade no exterior.

Esse é um dos itens mais particulares da sua inscrição: é uma forma de se apresentar para os recrutadores, mostrando como as suas qualificações, diferenciais e vontades estão alinhadas com o que a instituição oferece.

Sabemos que escrever esse tipo de carta é bastante desafiador. Afinal, é esse documento que pode fazer a diferença entre o “sim” ou o “não” da universidade em que você pretende estudar.

Por isso, confira a seguir nossas dicas para escrever uma carta de motivação objetiva e convincente!

banner-diplomas-exterior

Como escrever uma carta de interesse?

Acima de tudo, em uma carta de interesse, você deve contar o que mais lhe chamou a atenção na instituição e no curso escolhido.

Além disso, é fundamental mostrar um pouco da sua experiência profissional e explicar porquê você é o candidato ideal para aquela vaga.

Alguns passos que podem te ajudar a redigir esse documento são:

  1. Pesquise bastante sobre a instituição de ensino, entendendo quais são os requisitos para pleitear a vaga.
  2. Sintetize suas ideias, respondendo a algumas perguntas básicas: qual o seu objetivo fazer esse curso? Por que escolheu essa universidade em específico? Como suas experiências profissionais e acadêmicas te tornam qualificado para a vaga? Como a universidade vai te ajudar a atingir seus objetivos?
  3. Mostre seus diferenciais e suas competências, sempre colocando exemplos concretos.
  4. Escreva detalhes sobre você, cuidando para não usar adjetivos e elogios em excesso. Seja objetivo e coerente.
  5. Deixe claro como estudar naquela instituição pode ser útil para sua vida pessoal e profissional – e como essa experiência pode te ajudar a contribuir para o mundo.

Não se esqueça de se mostrar aberto e disponível para comparecer a uma entrevista ou enviar mais informações, caso necessário.

Também é fundamental revisar o documento várias vezes antes de enviá-lo, para evitar erros de ortografia ou digitação. Não utilize os tradutores automáticos para redigir a carta, peça ajuda para um professor ou tradutor profissional.

Como dissemos, a carta de interesse é uma forma de a universidade conhecer os candidatos mais profundamente, para além do histórico e currículo. Permita que isso aconteça.

Faça sua graduação ou pós-graduação no exterior com a Intercultural

Como um bom resumo da sua trajetória acadêmica e profissional, a carta de intenção é um grande diferencial para o processo seletivo em universidades no exterior.

Para saber mais sobre como esse documento pode te ajudar a realizar o sonho do intercâmbio de graduação, entre em contato com a equipe Intercultural! Vamos adorar te mostrar o caminho para o mundo conhecer você!