Data Representação de um calendário 14/03/2022

Mestrado no Canadá: 5 requisitos para estudar no país

Fazer um mestrado no Canadá é um grande objetivo para sua vida acadêmica. Leia o artigo e conheça 5 requisitos para cursar o mestrado no Canadá!

Cursar um mestrado no Canadá é, sem dúvidas, um objetivo ambicioso. Se você busca uma experiência acadêmica internacional em instituições renomadas, essa pode ser uma opção interessante.

O processo de candidatura para um mestrado no Canadá pode não ser simples, mas com certeza vale a pena. Afinal, além de aprofundar seus conhecimentos em uma área específica, esse tipo de intercâmbio poderá te abrir as portas para imigrar para o país.

Neste artigo, vamos mostrar quais são os principais requisitos para você realizar sua candidatura – e como o mestrado no Canadá é uma oportunidade incrível de crescimento profissional e pessoal!

Então, continue a leitura e saiba mais!

Requisitos para fazer mestrado no Canadá

Como você deve imaginar, o processo para entrar em uma instituição e estudar no Canadá pode ser complexo – porém, não é impossível!

Existem diversos requisitos e especificações, mas nós resumimos tudo a seguir, para que você possa começar a se planejar. Confira!

1. Domínio do idioma

O requisito básico para que você consiga iniciar um mestrado em terras canadenses é possuir o domínio do idioma falado na província onde pretende estudar.

Não é possível deixar para aprender a língua durante o tempo de curso: você já deve possuir e comprovar um nível avançado para que consiga acompanhar as aulas e desenvolver sua pesquisa.

2. Notas da graduação

Para que você seja aceito em um programa de mestrado, suas notas da graduação serão consideradas. Portanto, possuir um bom histórico escolar é um ponto bastante favorável.

No entanto, é preciso que as notas estejam no formato utilizado pelas instituições canadenses, o GPA (Grade Point Average), que vai de 0 a 4 pontos. Então, certifique-se de converter suas notas antes de enviá-las.

banner-diplomas-exterior

3. Provas de admissão

Alguns programas de mestrado exigem que o candidato realize uma prova de admissão. Em áreas como administração, direito e medicina é obrigatório fazer esse exame.

A boa notícia é que você pode fazer essa prova ainda no Brasil, já que na maioria das vezes ela é aplicada de forma online.

4. Cartas de recomendação e intenção

Você certamente já ouviu falar nas famosas cartas de recomendação que os professores escrevem sobre seus alunos, para que eles sejam aceitos em uma universidade ou college no Canadá.

Para o mestrado, esse protocolo também é necessário. O aluno deve encaminhar o e-mail do professor para a universidade em que pretende estudar, para que a instituição entre em contato com ele e envie as orientações sobre o processo.

Também será preciso escrever uma espécie de carta de intenção, em que você deve explicar o motivo da escolha da universidade em questão, explicar o seu projeto de pesquisa e por que está qualificado para realizá-la.

5. Trabalhos anteriores

Por fim, a universidade pode solicitar artigos escritos anteriormente, como uma forma de validar a qualidade do seu trabalho acadêmico.

Não necessariamente você precisa ter um artigo publicado: nesse caso, podem ser apresentados trabalhos acadêmicos ou de conclusão de curso. O que importa é que estejam bem escritos.

Faça mestrado no Canadá com a Intercultural!

Uma das maiores vantagens de fazer pós-graduação ou mestrado no país é a oportunidade de trabalhar durante o período de estudos por até 20h semanais, através do visto work permit part-time.

Além disso, os alunos estrangeiros têm acesso ao famoso PGWP (Post Graduation Work Permit), que permite que recém-formados em instituições canadenses permaneçam no país por mais 3 anos, desde que estejam trabalhando na área de formação.

E aí, gostou de saber dessas possibilidades que o mestrado no Canadá oferece?

Então, entre em contato com a Intercultural e descubra como podemos te ajudar a realizar o objetivo de obter uma experiência acadêmica internacional!