Data Representação de um calendário 06/01/2021

Quais os níveis de inglês e qual intercâmbio escolher?

Você sabe quais os níveis de inglês de acordo com a classificação CEFR? Descubra quais os níveis de inglês e como escolher o seu intercâmbio!

Uma das maiores dúvidas dos estudantes candidatos ao intercâmbio é justamente em relação aos níveis de inglês e, em qual deles eles devem ingressar no programa para estudar no exterior.

Além disso, muitas escolas ao redor do mundo têm a sua forma de classificar os níveis de inglês. Por exemplo, enquanto algumas escolas começam com o nível elementar, outras chamam de iniciante, básico ou pré-elementar. Mas afinal, quais são os níveis de inglês?

Nesse sentido, os níveis de inglês são os indicadores do grau de proficiência, ou a capacidade de fluência que uma pessoa possui para falar a língua inglesa.

Alguns programas de intercâmbio exigem níveis de inglês mais elevados, outros nem tanto. 

Porém, é importante saber identificar qual nível se equipara às suas necessidades e objetivos com a viagem. O idioma mais falado do mundo, considerado universal, está presente em praticamente tudo ao nosso redor. 

Contudo, como saber quais são os níveis de inglês e quais conteúdos são ministrados em cada uma dos estágios? Existe alguma classificação oficial para distinguir os níveis de inglês?

Como a tarefa de definir exatamente qual o nível de proficiência em inglês específico pode ser uma tarefa difícil, assim como quais conteúdos devem envolver os determinados níveis, entidades internacionais trataram de criar uma padronização oficial.

Nesse sentido, o Conselho da Europa definiu parâmetros, entre 1989 e 1996, para criar um modelo padrão oficial internacional de habilidades linguísticas da língua inglesa, que foi oficializado em 2001.

Atualmente, os países da Comunidade Europeia, bem como outras nações do mundo, utilizam os parâmetros do Quadro Europeu Comum de Referência para Línguas: Aprendizagem, Ensino, Avaliação; ou simplesmente CEFR.

Os níveis de inglês de acordo com a CEPR

níveis de inglês
  • Iniciante: A1
  • Básico: A2
  • Intermediário: B1
  • Pós-intermediário: B2
  • Avançado: C1
  • Proficiente: C2

Então, você sabe em qual dos níveis de inglês você se encontra? Ficou curioso para entender em detalhes cada uma das classificações? Ou até mesmo fazer uma auto-avaliação? Confira abaixo onde você se enquadra.

Parâmetros para a classificação dos níveis de inglês (CEFR)

parâmetros para classificação

Iniciante – A1

É o estágio onde o usuário da língua é capaz de compreender e utilizar expressões do dia-a-dia,  como se apresentar, falar de sua origem e relações familiares. 

Pode, ainda, comunicar-se de forma simples, desde que o interlocutor fale de maneira clara, pausada e esteja disposto a ajudar.

Básico – A2

No nível básico, o estudante é capaz de compreender frases isoladas e expressões de uso frequente. Comunica tarefas de rotina que requerem uma resposta simples e direta. 

Também já pode descrever, em termos gerais, aspectos de sua origem, de seu ambiente e necessidades imediatas.

Intermediário – B1

O aluno classificado no nível intermediário está no meio do caminho para adquirir a sonhada proficiência no idioma! Nesse sentido, pode compreender e organizar um discurso simples e coerente em contextos familiares como trabalho, escola, tempos livres etc. 

É igualmente capaz de relatar acontecimentos, experiências ou um sonho, expressar um desejo ou uma ambição e justificar, de forma breve, as razões de um projeto ou de uma ideia.

Pós-intermediário – B2

Já é capaz de entender o conteúdo principal de textos complexos que incluam tópicos concretos ou abstratos, incluindo uma discussão técnica na sua especialidade. 

Além disso, é capaz de comunicar-se sobre questões atuais com um falante nativo de maneira espontânea e sem hesitação. Está quase ficando fluente na língua!

Avançado – C1

Nesta fase, o usuário da língua inglesa consegue compreender uma vasta gama de textos longos e complexos. Comunicar-se de forma espontânea sem, aparentemente, ter de procurar as palavras. 

Assim como, utiliza a língua de maneira eficaz e flexível na sua vida social, profissional ou académica.

Proficiente – C2

Aqui é o nível mais avançado em inglês e certifica a capacidade integral do estudante compreender, reconstruir, argumentar praticamente tudo o que lê ou ouve. 

É capaz de reconstituir fatos e argumentos sem esforços e de forma coerente. Possui amplo vocabulário e não precisa buscar as palavras para se comunicar. Uhuuuuu. Você sabe falar inglês!!

Então, de acordo com o seu nível de inglês, são várias as alternativas para você fazer um programa de intercâmbio no exterior. 

Conheça um pouco mais sobre cada um deles e veja onde você se encaixa melhor, de acordo com seus objetivos pessoais e profissionais. Com certeza, um deles é o programa de Intercâmbio certo para você!

Entretanto, antes de ingressar em qualquer curso de idiomas, você deve fazer uma prova para testar seus conhecimentos e certificar o seu nível de conhecimento. 

Dessa forma, dá para se encaixar direitinho na melhor modalidade de intercâmbio para você! Entenda os principais tipos de programas de intercâmbio, de acordo com o seu nível de proficiência em inglês.

work-travel-banner

Programas de intercâmbio de acordo com os níveis de inglês

programas de intercâmbio

Antes de prosseguirmos, precisamos esclarecer que mesmo as pessoas que não tenham conhecimento nenhum do idioma podem fazer intercâmbio! Isto mesmo! Há opções de intercâmbio que atendem a todos os níveis de inglês: desde o mais básico até o avançado.

Caso você queira fazer um intercâmbio de trabalho, aí sim é necessário ter um conhecimento do inglês a partir do nível intermediário.

Porém, há programas de idiomas no exterior para aprender o idioma e posteriormente trabalhar, quando adquirir o nível necessário para tal. Então relaxa, e escolha o seu programa de acordo com o seu nível de proficiência em inglês!

Nível Básico

As pessoas de nível básico são as que mais se beneficiam do progresso no idioma. A imersão cultural, aliada a excelentes instituições de ensino, proporcionam um avanço significativo em poucas semanas. 

Os programas de intercâmbio mais adequados para receber participantes sem conhecimento ou com conhecimento básico são:

  • Curso de idiomas
  • Férias Teen
  • Programas Disney

Nível Intermediário

nível intermediário

Quanto melhor o nível de inglês, maiores as possibilidades. E isso fica claro abaixo. Os programas abaixo já podem receber participantes que tenham pelo menos esse nível de idioma:

  • High School
  • Au Pair
  • Work Experience USA
  • Camp Counselors USA
  • Estudar e Trabalhar
  • Trabalho Voluntário

Como você pode observar, abre-se um leque de opções de programas associados a trabalhos temporários. Essas atividades potencializam ainda mais o desenvolvimento do estudante fazendo com que o aluno desenvolva o seu lado pessoal e profissional.

Além disso, o contato com o povo nativo é maior, possibilitando conhecer expressões idiomáticas e gírias, tão comum no exterior. 

Dessa forma, facilita entender as situações onde as palavras e expressões americanas são utilizadas, facilitando a absorção da cultura local e aprimorando a pronúncia da língua!

Contudo, nos países que oferecem a oportunidade de estudar e trabalhar, não há pré-requisito mínimo de inglês. Desta forma, você pode se aventurar, mesmo com o nível de inglês básico!

Entretanto, certamente o conhecimento avançado em inglês facilita a busca de oportunidades, assim como qualifica o candidato a mais e melhores vagas de emprego, com melhores salários.

Nível Avançado

nível avançado

Como esclarecido acima, o nível avançado em inglês pode comportar dois tipos de pessoas:

  1. Aquela que tem o domínio pleno da língua e por isso é considerada fluente no idioma;
  2. Aquela que tem habilidade de compreender de forma avançada textos longos e mais complexos, com forma de se comunicar espontânea.

Nesse sentido, este nível avançado em inglês inclui os estudantes que possuem proficiência em inglês e, dessa maneira, todos os programas do nível intermediário também são configurados neste nível.

Contudo, os usuários proficientes podem se candidatar aos programas de intercâmbio para cursar uma universidade ou college, por exemplo. Porém, o ingresso é condicionado à aprovação em um dos exames de proficiência em inglês.

Assim, os programas abaixo exigem que o candidato seja aprovado em um dos exames de proficiência em inglês, como por exemplo, o TOEFL, Cambridge e o IELTS.

  • Graduação
  • MBA
  • Pós-Graduação
  • Mestrado
  • Doutorado

Certificado de proficiência em inglês

certificado de inglês

Estes exames de proficiência em inglês atestam a capacidade do aluno em se comunicar de forma adequada às exigências do curso escolhido (ler, escrever, interpretar, falar) e confere um certificado válido por dois anos. 

Eventualmente, este certificado de proficiência em inglês também pode ser exigido por empresas estrangeiras, no momento da contratação de brasileiros.

Enfim, se você tem planos de estudar em uma universidade no exterior ou trabalhar em uma companhia fora do Brasil, comece a se preparar para os exames de proficiência em inglês.

Existe muito conteúdo gratuito que você pode aproveitar para estudar, além de cursos preparatórios específicos, no exterior, inclusive.

Em conclusão, apresentamos para você todas as informações sobre os níveis de inglês, necessárias para optar pela modalidade de intercâmbio mais adequada. 

Assim, você entendeu que não é necessário ter um conhecimento avançado do idioma para realizar um programa de intercâmbio no exterior. 

Sendo assim, conte com a gente para te orientar no passo a passo para escolher o destino e o programa de intercâmbio mais adequado ao seu perfil e de acordo com os níveis de inglês lecionados. Fale com um de nossos especialistas!

Referências

https://www.commoneuropeanframework.org/

https://www.cambridgeenglish.org/exams-and-tests/cefr/

https://www.britishcouncil.org.br/exame/ielts

estudar-canada-banner