Data Representação de um calendário 28/07/2021

Inglês Australiano: dicas para melhorar a pronúncia

Conheça as diferenças do inglês australiano, gírias e curiosidades.. Saiba o que é preciso para melhorar o seu entendimento e a sua pronúncia.

Por mais que tenham a mesma língua como base, há diferenças significativas entre o inglês australiano, e suas línguas-irmãs. Não é algo que impeça a sua comunicação, afinal, dentro do nosso próprio país há muitos sotaques e expressões regionais e continuamos a nos entender.

Entre as variações do inglês, o inglês australiano costuma ser o mais difícil para ser aprendido por estrangeiros. Além de ser mais complicado, consumimos poucos conteúdos no idioma, o que torna nossa assimilação mais demorada.

Então, separamos nesse post as principais diferenças do inglês australiano em relação ao inglês americano e britânico, e algumas dicas para quem quer se aprimorar e melhorar a pronúncia nessa variação do idioma.

Principais diferenças do inglês australiano

Talvez uma das vantagens de poder aprender um idioma que tem tantas variações, é poder escolher, entre as opções, aquela que mais te agrada, de forma sonora, gramatical e até culturalmente.

Você vai perceber que os australianos:

  1. Gostam de abreviar tudo.
  2. Não são fãs do R no fim das palavras.
  3. A troca do “ei” pelo “ai”.
  4. Tem um vasto vocabulário de expressões próprias.

No geral, os australianos são bem menos formais e até mais calorosos a uma boa conversa do que os ingleses ou os americanos. Você provavelmente vai sentir que é um inglês mais “jovial”.

1. Gostam de abreviar tudo

Se você já começou a estudar a forma de falar dos australianos, deve ter tido a sensação de que não entendia algumas palavras, ou de que a frase parecia meio corrida.

No primeiro momento, pode parecer meio assustador, mas é tudo uma questão de treinar sua audição e entender que, de fato, os australianos encurtam as palavras. Veja uma lista de como isso ocorre em algumas situações:

  • Afternoon (tarde) se torna “arvo”
  • Avocado (abacate) se torna “avo”.
  • Breakfast (café da manhã) se torna “brekkie”.
  • Chocolate (chocolate) se torna “choccy”.
  • Football (futebol) se torna “footy”.
  • Sunglasses (óculos de sol) se torna “sunnies”.

2. Não são fãs do R no fim das palavras

Outra característica marcante dos australianos é que, quando o R vem no final de uma palavra, eles não o pronunciam, mas a última sílaba costuma ter uma entonação mais forte. Por exemplo:

  • ForeveR se pronuncia ForevÁ
  • TogheteR se pronuncia ToghetÁ


Vale lembrar que esta diferença é encontrada na pronúncia. A escrita permanece inalterada.

3. A troca do “ei” pelo “ai”

Outra diferença sonora que acontece no idioma é a troca pelo “ai” em palavras que costumamos pronunciar “ei”, como na palavra “Day” ou na palavra “Mate”. Em outros casos, pronunciamos “Dei” e “Meite”. Mas com os australianos a pronúncia soa mais como “Dai” e “Maite”.

work-travel-banner

4. Tem um vasto vocabulário de expressões próprias

Por último, mas não menos importante, as gírias e expressões australianas.

Conhecer elas ajuda, não só a se enturmar no seu intercâmbio na Austrália, mas também a entender todas as conversas do início ao fim.

  • “Amber” é cerveja
  • “Aussie” é uma pessoa australiana.
  • “Fair Dinkum” é usado para dizer que algo é verdadeiro, genuíno.
  • “Give It A Burl” é tentar algo, experimentar.
  • “Mate” é o amigo/parceiro.
  • “Pom/Pommie” é uma pessoa britânica.
  • “Ripper” é algo ótimo/fantástico/incrível.
  • “She’s Apple” significa que está tudo bem / vai ficar tudo bem.
  • “Tucker” é parecido com o nosso “rango”, de comida.
  • “Yabber” é uma conversa/bate papo.
  • “Sheila” é uma mulher australiana.

Maneiras de melhorar a pronúncia

Para quem quer entender e falar melhor um segundo idioma, há muitas formas de conseguir o aprimoramento, além de só ficar lendo e fazendo exercícios – que também são indispensáveis para um bom desempenho.

  • Assistir produções australianas.
  • Ouvir músicas de cantores australianos.
  • Fazer um intercâmbio para a Austrália.
  • Conversar com pessoas nativas, seja por áudio, vídeo chamada ou fóruns da internet.

Séries australianas para treinar o listening e vocabulário

Assistir produções “nativas” com o idioma original é uma ótima maneira de treinar o listening. Se você está começando, pode optar por usar as legendas e, depois, recomendamos assistir somente com o áudio.

Glitch: um policial de cidade pequena vai ter que enfrentar um grande problema: esconder do resto do mundo e tentar descobrir como 6 pessoas que estavam mortas foram ressuscitadas e estão completamente saudáveis.

Harrow: Daniel Harrow é um ótimo patologista forense na cidade de Sydney. Ele está sempre se intrometendo nos casos policiais, mas sua vida vira de cabeça para baixo quando um segredo que ele tentou há muito esconder pode vir à tona.

The Letdown: a série conta a nova aventura de uma mãe de primeira viagem que entra para um grupo de mães de recém nascidos e se depara com a personalidade e a diferente realidade das outras mulheres a sua volta.

Please Like Me: a série é sobre a vida do protagonista Josh que está em processo para aprender e assumir sua própria sexualidade.

Um intercâmbio pode me ajudar a ficar fluente no inglês australiano?

Com certeza! E traz vantagens não só para sua proficiência em inglês.

A experiência de viver um intercâmbio na Austrália é a oportunidade para conviver com uma comunidade jovem, sonhadora e altruísta. Você vai conhecer e viver com pessoas com uma visão de mundo completamente diferente da sua. Vai aprender sobre uma nova cultura e vai poder encontrar suas paixões.

Então, que tal embarcar nessa aventura que vai mudar a sua vida? Fale com um de nossos especialistas e fique pronto para aprimorar o seu inglês australiano.

estudar-canada-banner